Incêndio destrói estufa de fumo e galpão em Vitor Meireles

Um incêndio de grandes proporções atingiu e destruiu uma estufa de fumo, um galpão e diversos implementos agrícolas de uma propriedade na localidade de Alto Ribeirão Palmito no município de Vitor Meireles na tarde desta quarta-feira (23), por volta das 14:16h. De acordo com os Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio, equipes da corporação de Vitor Meireles, deslocaram para o incêndio para dar uma primeira resposta no combate ao incêndio, solicitando o apoio aos Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio em virtude do incêndio ser de grandes proporções.

Ainda foram mobilizados o caminhão pipa da prefeitura de Vitor Meireles e uma equipe de apoio e suporte da corporação de Presidente Getúlio para auxiliar na ocorrência.

Segundo o Subcomandante Tafarel Barth, dos Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio, o incêndio iniciou em uma estufa de fumo que ficou completamente destruída, mais 1000 arrobas de fumo, um galpão e diversos implementos agrícolas também foram destruídas pelas chamas.

“Chegamos no local do incêndio e realizamos o apoio à corporação de Vitor Meireles, aonde trabalhamos por mais de 3 horas para controlar as chamas e realizar os procedimentos de rescaldo. A estrutura com mais de 400m² ficou destruída pelo fogo”, destacou Tafarel.

Foram utilizados 3 caminhões e mais de 40.000 mil litros de água para o controle do incêndio. Ninguém ficou ferido. Segundo informações do proprietário Ezequiel Zimmermann, após uma queda de energia elétrica, o seu filho ligou os motores da estufa e após a abertura da porta da estrutura o mesmo avistou o fogo.

Na semana passada, um incêndio em estufa de fumo também foi registrado na mesma localidade, cerca de 2 km após o incêndio desta quarta-feira.

Os Bombeiros Voluntários de Presidente Getúlio, fazem um alerta sobre os incêndios em estufas que são frequentes nesta época do ano, sendo que alguns cuidados são essenciais.

Incêndios em estufas com o ar forçado, que dependem da energia elétrica para o funcionamento, a falta dela faz com que ocorra um incêndio no interior da estrutura, ocasionando um incêndio, já as estufas convencionais que possuem encanamento no interior da estrutura, são mais propícias para ocasionarem incêndios, já que qualquer material combustível que caia em cima dos canos, venha a ocasionar as chamas.

Uma das principais formas de prevenir um incêndio em estufa é a manutenção constante tanto nas estufas de ar forçado quanto nas estufas convencionais. As estufas de ar forçado, devem ter uma atenção para as instalações elétricas, certificando que as mesmas estejam intactas e realizadas por um profissional de confiança e habilitado.

A limpeza constante também é um fator de importância pois previne qualquer incidente, esta postura preventiva é de suma importância para que problemas posteriores não ocasionem em grandes percas tanto estrutural quanto na fonte de renda do agricultor.

Em situações que é percebido um incêndio no interior da estufa, algumas medidas acabam auxiliando para que as perdas sejam minimizadas, como manter as entradas de ar fechadas como a porta de acesso, pois a abertura de uma porta, possibilita a entrada de oxigênio no interior da estufa, ocasionando a alimentação do fogo ali existente e propagando com mais rapidez. O resfriamento das paredes externas, ajuda a minimizar a temperatura no interior da estrutura até a chegada da equipe dos bombeiros.

Matéria 080-16 (1) Matéria 080-16 (2) Matéria 080-16 (4) Matéria 080-16 (5) Matéria 080-16 (8) Matéria 080-16 (10)

Alex de Lima

Pin It
Você gostaria de comentar?