Ibirama já vacinou 44% do público alvo da campanha contra a influenza

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Ibirama, até a manhã desta terça-feira (03), 2.276 pessoas já tomaram a vacina contra a gripe na cidade, o equivalente a 44,62% do público-alvo total da Campanha – 5.100 cidadãos. Veja o quadro:

META

JÁ IMUNIZADOS

2.092 idosos

967 vacinados

200 gestantes

103 vacinados

33 puérperas

12 vacinadas

1.112 crianças

543 vacinadas

451 profissionais de saúde

162 vacinados

1.212 comorbidades

489 vacinados

TOTAL 5.100 pessoas

TOTAL 2.276 vacinados

A Campanha de Vacinação Contra a Influenza 2016 iniciou na segunda, dia 25 de abril. O Dia de Mobilização Nacional de Vacinação foi no sábado, 30. A ação acontece até o dia 20 de maio e a vacina é aplicada em todas as Unidades Básicas de Saúde.

Saiba mais sobre a vacina

A vacina que será utilizada será a trivalentecombate os vírus tipo A H1N1, tipo A H3N2 e o vírus do tipo B, de gripe comum. Pessoas com alergia à proteína do ovo devem conversar com o médico antes da aplicação da vacina.

Vale reforçar para as pessoas que se imunizaram em 2015 precisam tomar a dose novamente em 2016, pois a imunidade contra a gripe dura até um ano após a aplicação da vacina.

Vírus Influenza

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais.

A transmissão do vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

Sintomas: aparecimento súbito de febre, dores de cabeça, dores musculares, tosse, dor de garganta e fadiga, são as manifestações mais comuns. Nos casos mais graves existe dificuldade respiratória.
Reações adversas

Após a aplicação da vacina podem ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, eritema e induração. São manifestações consideradas benignas, cujos efeitos passam, na maioria das vezes, em 48 horas. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Previna-se

A prevenção ainda é a melhor forma de se proteger, por isso, seguem as principais orientações para se evitar a gripe:

Lavar as mãos, várias vezes ao dia, principalmente antes de consumir algum alimento;

Evitar aglomerações e ambientes fechados;

Manter os ambientes bem ventilados;

Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;

Ingestão de frutas, fibras, água, sucos naturais e chás são hábitos que devem fazer parte da rotina o ano todo;

Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

Cobrir nariz e boca com lenço de papel quando espirrar ou tossir;

Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza;

Utilizar álcool em gel para higienizar as mãos.

Sheyla Germano

Pin It
Você gostaria de comentar?