Dona Emma tem projeto de Integração: Pecuária x Reflorestamento

No dia 24 de março, produtores do município de Chapadão do Lageado estiveram visitando o município de Dona Emma, com o objetivo de conhecer o projeto de produção de leite e de carne no sistema Silvipastoril, ou seja, a integração de pastagem perene de verão com reflorestamento. A visita foi feita na propriedade de Antonino Zappas na comunidade de Nova Esperança.

O projeto do Sr.Zappas como é conhecido, integra a produção de madeira com gado de corte, e se divide em duas áreas. A primeira é de 1,8 hectares de eucalipto grandis clone planflora GPC 23, implantada em 12 de novembro de 2013 com espaçamento de 8m entre linhas e 3 metros entre plantas em pastagem de Braquiária Brizanta e Mombaça.

A segunda área de 5,0 hectares implantada em 25 de agosto de 2015 tem espaçamento de 15m entre filas duplas com 5 m entre as linhas e 3,5m entre as plantas.  Também em eucalipto grandis clone planflora GPC 23.

O objetivo é fazer uma comparação entre os dois sistemas para avaliar qual é o mais produtivo tanto para a pecuária, quanto para o desenvolvimento das árvores conforme explica o extensionista rural da Epagri de Dona Emma, Giovani Riscarolli.

Em ambas as áreas foi feita a correção do solo e adubação de base por ocasião do plantio das árvores e é realizada anualmente a adubação de cobertura na pastagem com superfosfato simples e cloreto de potássio de acordo com análise de solo.

Segundo o proprietário Antonino Zappas, ambas as parcelas estão se desenvolvendo bem, mas lhe parece que no segundo sistema os resultados são melhores. “É bom lembrar que é um experimento e que os resultados não são definitivos, pois o projeto ainda está em andamento”.

Na primeira área foram colocados 5 animais por hectare com 150kg de peso vivo e retirado 2 anos depois com média de 450kg de peso vivo.

Na segunda área foi usado o mesmo sistema, porém os animais ainda não foram retirados, o que deve acontecer em agosto deste ano.

O que já ficou evidenciado, é que o sistema integração pecuária e reflorestamento é viável, pois o produtor pode usar a pastagem enquanto o reflorestamento está se desenvolvendo.  É muito importante que se faça o manejo correto das árvores e da pastagem para se obter bons resultados e consequentemente maior lucratividade, ressalta Giovani.

“O município de Dona Emma possui muitas áreas reflorestadas e esta técnica é uma boa opção para um melhor aproveitamento das áreas reflorestadas aumento assim a lucratividade”, enfatiza o diretor de Agricultura e Meio Ambiente Agnaldo Alves de Sousa.

Bianca Lima.

Pin It
Você gostaria de comentar?