Começa a Vacinação contra a Influenza em Ibirama

10

Iniciou nesta segunda-feira, dia 25 de abril, a Campanha de Vacinação Contra a Influenza 2016. Até as 10h, mais de 70 pessoas já haviam recebido a imunização no Posto de Atendimento Médico – PAM do Centro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 5.100 pessoas devem ser imunizadas em Ibirama. A ação acontece até o dia 20 de maio.

Dia D

O Dia de Mobilização Nacional de Vacinação será neste sábado, 30 de abril, das 8h as 17h (sem fechar para o almoço), no Posto de Atendimento Médico – PAM do Centro e nas Unidades Básicas de Saúde de Dalbérgia e da Serra São Miguel.

Quem recebe a imunização?

Serão vacinadas as pessoas do chamado grupo prioritário: gestantes, crianças de seis meses até os cinco anos incompletos (4 anos, 11 meses, 29 dias), pessoas com doenças crônicas, idosos acima de 60 anos, índios, trabalhadores da saúde, presos e mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias.

Saiba mais sobre a vacina

A vacina que será utilizada será a trivalentecombate os vírus tipo A H1N1, tipo A H3N2 e o vírus do tipo B, de gripe comum. Pessoas com alergia à proteína do ovo devem conversar com o médico antes da aplicação da vacina.

Vale reforçar para as pessoas que se imunizaram em 2015 precisam tomar a dose novamente em 2016, pois a imunidade contra a gripe dura até um ano após a aplicação da vacina.

Vírus Influenza

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais.

A transmissão do vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

Sintomas: aparecimento súbito de febre, dores de cabeça, dores musculares, tosse, dor de garganta e fadiga, são as manifestações mais comuns. Nos casos mais graves existe dificuldade respiratória.
Reações adversas

Após a aplicação da vacina podem ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, eritema e induração. São manifestações consideradas benignas, cujos efeitos passam, na maioria das vezes, em 48 horas. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Previna-se

A prevenção ainda é a melhor forma de se proteger, por isso, seguem as principais orientações para se evitar a gripe:

Lavar as mãos, várias vezes ao dia, principalmente antes de consumir algum alimento;

Evitar aglomerações e ambientes fechados;

Manter os ambientes bem ventilados;

Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;

Ingestão de frutas, fibras, água, sucos naturais e chás são hábitos que devem fazer parte da rotina o ano todo;

Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

Cobrir nariz e boca com lenço de papel quando espirrar ou tossir;

Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza;

Utilizar álcool em gel para higienizar as mãos.

Sheyla Germano

Pin It
Você gostaria de comentar?