Por que discutir a relação é TÃO importante + 8 passos para ele nunca mais fugir da DR

dicas-dr-casal-capa

A discussão de relação – ou a DR – está no topo da lista das dificuldades de vários casais. Isso porque muitas pessoas têm dificuldade em entrar em contato com seus próprios sentimentos e, principalmente, expô-los ao outro.

Ouvir o famoso “precisamos conversar” em um momento de crise a dois ou qualquer tipo de avaliação do relacionamento pode ser motivo suficiente para o parceiro ou parceira ficarem assustados e sem coragem de sentar frente a frente para colocar as cartas na mesa.

Porém, se você não tem medo de enfrentar os problemas relacionais e sabe da importância da DR para a felicidade do relacionamento, existem jeitos de driblar o pavor do parceiro e conseguir desenvolver um diálogo construtivo.

Discutir a relação

Por que é importante para a felicidade do casal?

“É um assunto desafiador, pois sabemos que o homem, geralmente, não gosta de falar. É muito raro ele puxar a conversa”, explica a terapeuta comportamental Ramy Arany. “Entretanto, é natural para a mulher querer melhorar alguns pontos.”

Para ficar bom para os dois e evitar que problemas pequenos se tornem assunto de discussões, é fundamental que o casal dê uma pausa no cotidiano e faça uma DR.  Só durante a conversa é que ambos conseguirão reconhecer o que é importante melhorar para manter o relacionamento saudável.

Chamar para a DR: como fazer?

O casal precisa avaliar que assuntos merecem destaque no papo, pois há questões que podem ser resolvidas no dia a dia

É preciso tato para perceber que cada casal tem sua individualidade e linguagem. Afinal, cada par tem uma forma de manter uma relação feliz.

Por isso, de acordo com a terapeuta, é preciso conhecer o jeito que vocês se comunicam para escolher o meio de sugerir uma DR.
“Se ele se sente incomodado com uma mensagem no celular dizendo apenas ‘vamos conversar’, não mande. Há casais que se comunicam assim, mas para outros não funciona.”

Considere outro ponto: quais assuntos que valem a pena ser colocados em destaque no papo? “Há questões que podem ser resolvidas ao logo do dia”, lembra a profissional.

Se prepare para a DR

Adaptando o ditado popular, “quando um quer, dois conversam”. Portanto, confira 8 jeitos de evitar que seu parceiro fuja das conversas importantes e acabe atrapalhando o bem-estar de ambos:

  1. Cada cabeça, uma sentença: esteja ciente de que cada um tem uma forma de pensar. Iniciar uma conversa apontando erros e criticando o jeito de agir não é favorável para nenhum dos dois.
  2. Avalie se ele é muito introvertido: se ele tem dificuldades de expressar o que sente, o papo pode ser mais difícil. O jeito é tentar sentar com ele e incentivá-lo a expor seus sentimentos.
  3. Na hora de falar sobre a conversa: este é o momento chave para atrair seu parceiro para a DR. Analise se é melhor sugerir o papo através de uma mensagem de celular do tipo “precisamos conversar” ou iniciá-lo pessoalmente.
  4. Dada a largada, se prepare psicologicamente: tenha em mente que o objetivo é melhorar o relacionamento, e não entrar em uma discussão sem fim sobre assuntos pouco importantes.
  5. Evite abrir o portal das lamúrias e da queixa: mesmo se o relacionamento estiver em crise, a conversa do casal não deve se tornar uma novela de reclamações sem fim. Mais uma vez, o objetivo é resolver, não piorar questões. Isso deve estar claro na mente dos dois.
  6. Dê exemplos: nem sempre o outro consegue entender nosso sentimento. Vale especificar que “naquela vez, você fez algo que me chateou”. Lembre-se, porém, que reviver mágoas antigas à toa pode desgastar a conversa: procure ater-se ao que é realmente relevante.
  7. Abra o coração e seja verdadeira: esta é a melhor forma de expor. Fale de si mesma, “eu me sinto assim”, e não cobre ou aponte erros, “você fez isso comigo” – e também não admita que ele faça isso com você. Ambos devem saber conversar como adultos.
  8. Ele precisa falar também: parece óbvio, mas muitos casais acabam caindo em um monólogo nesse momento. Com certeza, haverá pontos que ele considera ruins ou que precisam melhorar. Estejam abertos para ouvir – e tentar entender – o que o outro tem a dizer.

Bolsa de Mulher.

Pin It
Você gostaria de comentar?