Rio do Sul aproveita amistosos contra Brasília para ganhar ritmo com foco na Superliga

Mesmo saindo sem um resultado positivo nos amistosos contra Brasília no último fim de semana no Paraná, o time de voleibol feminino de Rio do Sul mantém a seriedade para a preparação da Superliga Feminina. Apesar da tabela da principal competição de clubes do país não ter sido divulgada, a equipe catarinense já sabe que seus primeiros compromissos serão fora de casa contra Sesi-SP, no dia 30, Molico/Nestlé (SP) em 1° de novembro e o Fluminense (RJ), no dia 4 de novembro.

O técnico Fernando Bonatto optou em dar rodagem para a equipe nos três jogos contra Brasília, experimentando diversas formações que todas as jogadoras tivessem oportunidade de estar em quadra por bastante tempo. Foram três partidas e três derrotas: 3 sets a 0 ( 25/12, 27/25 e 25/22) na cidade de Marechal Cândido Rondon, 3 sets a 2 (25/21, 28/26, 23/25, 22/25 e 11/15) em segunda partida realizada em Cascavel. E na terceira, também em Cascavel, o placar foi de 3 sets a 0 (23/25, 24/26 e 21/25). Os jogos foram de quinta-feira (29 de setembro) até sábado (1° de outubro).

A equipe tem agora a preparação para a Superliga Feminina. E para Bonatto, o tempo precisa ser bem aproveitado. “Prefiro que o time ganhe tempo de jogo e mais experiência e entrosamento. A equipe de Brasília tem boa formação e também está se preparando muito forte para a Superliga. Espero que todas as jogadoras apresentem evolução com o passar destes amistosos”, observou o treinador.

Superliga começa no final de outubro

A tabela oficial ainda não foi divulgada pela CBV, mas Rio do Sul já conhece os seus primeiros adversários na Superliga de Vôlei Feminino 2016/2017. A estreia é no dia 30 de outubro, contra o Sesi-SP, na cidade de Santo André (SP). Em seguida, a equipe tem mais dois compromissos fora de casa: dia 1° de novembro contra o Molico/Nestlé (SP) e em 4 de novembro, diante do Fluminense (RJ), time estreante na competição nacional.

Os três jogos serão fora de casa e fazem parte de uma pequena alteração da tabela oficial por conta dos Jogos Abertos de Santa Catarina que ocorrem entre 11 e 19 de novembro na cidade de Tubarão. Atual pentacampeão da competição estadual, Rio do Sul participará do JASC e da Superliga e já sugeriu a configuração da tabela de acordo com o calendário da competição estadual.

Uma outra novidade para esta temporada do time de Rio do Sul é a realização de mais uma partida como mandante na cidade de Lages, no planalto catarinense.

Assim como ocorreu na temporada passada em jogo contra o Molico/Nestlé (SP), Rio do Sul jogará na cidade lageana como mandante de um jogo da Superliga. O adversário será o Rexona/Ades (RJ), em jogo marcado para 2 de dezembro, às 20h15, no ginásio Jones Minosso, onde cabem aproximadamente cinco mil pessoas, quase quatro vezes mais do que no seu ginásio em Rio do Sul, o Artenir Werner.

A medida deve-se prioritariamente a questões econômicas. Com dificuldades por conta de poucos patrocinadores, Rio do Sul terá que buscar formas de buscar investimentos, assim como mais visibilidade para o projeto. A prefeitura de Lages e grupos locais incentivadores do voleibol tem garantias financeiras para o jogo com a venda de ingressos, situação que foi analisada e aceita pela diretoria da Associação Rio do Sul Vôlei.

Além disso, não está descartada a possibilidade de realização de mais jogos de Rio do Sul na Superliga em outras cidades catarinenses, também como atração esportiva para arrecadar recursos.

Clóvis Eduardo Cuco

Pin It
Você gostaria de comentar?