Chuvas com acumulados superiores a 100mm causam estragos em Santa Catarina

Dona Emma. Fotos: Defesa Civil/SC

Dona Emma. Fotos: Defesa Civil/SC

A chuva persistente que atingiu todas as regiões de Santa Catarina entre esta quarta e quinta-feira, 2 e 3 de março, resultou em totais acumulados elevados, superando 100mm em algumas cidades, causando estragos e alagamentos, com risco de deslizamentos de terra. Em Concórdia, no limite com Presidente Castello Branco, a chuva levou a ponte de 12 metros que liga os dois municípios. A área de deslizamento está avaliação, segundo a Defesa Civil. Também foi registrada queda de barranco no Contorno Viário Norte, em Concórdia.

No município de Apiúna, uma casa foi alagada. Em Dona Emma, os 70mm de chuva causaram dois pontos de alagamento, ocasionando danos em estradas e bueiros.

Em São João Batista, há áreas alagadas e houve queda de muro no cemitério municipal. Um deslizamento de terra também preocupa moradores do bairro Santa Tereza, em Joaçaba.


Joaçaba

Um alerta da Defesa Civil chama a atenção para o risco moderado de deslizamentos de terra em Santo Amaro da Imperatriz, Palhoça, Garopaba, Botuverá, Nova Trento, Antonio Carlos, São José, Blumenau, Brusque e Tubarão.

Precipitação acumulada em Santa Catarina nas últimas 24h (das 8h do dia 2 às 8h do dia 3 de março):

Concórdia: 112 mm
Seara: 107 mm
Navegantes: 99 mm
Santo Amaro da Imperatriz: 96 mm
Santa Rosa de Lima: 91 mm
Capinzal: 88 mm
Chapecó: 86 mm
Itajaí: 85 mm
Guabiruba: 84 mm
Águas Mornas: 83 mm
Angelina: 82 mm
São José: 82 mm
Garopaba: 82 mm
Santa Terezinha: 80 mm
Grão Pará: 79 mm
Bocaína do Sul: 79 mm
São José: 78 mm
Palhoça: 78 mm
Bombinhas: 76 mm
Penha: 76 mm
Botuverá: 75 mm
Navegantes: 75 mm
Antonio Carlos: 75 mm
Guabiruba: 73 mm
Xanxerê: 72 mm
Botuverá: 72 mm
Orleans: 71 mm
Otacílio Costa: 71 mm
Orleans: 69 mm
Fraiburgo: 69 mm
Videira: 69 mm
Itajaí: 68 mm
Salete: 68 mm
Curitibanos: 67 mm
Braço do Norte: 65 mm
Santa Rosa de Lima: 64 mm
Videira: 64 mm
São Martinho: 64 mm
Ipumirim: 63 mm
Imbituba: 63 mm
São José: 63 mm
São Francisco do Sul: 62 mm
Salete: 62 mm
Armazém: 62 mm
Leoberto Leal: 62 mm
Rancho Queimado: 62 mm
Lages: 61 mm
Camboriú: 61 mm
Porto Belo: 60 mm
Petrolândia: 60 mm
Governador Celso Ramos: 60 mm
Rio do Sul: 60 mm
*Fonte de dados: Estações pluviométricas Cemadem
Paulo Cesar Santos

Pin It
Você gostaria de comentar?