Rio do Sul volta de São Caetano já classificado para os playoffs

O time Rio do Sul/Equibrasil garantiu vaga antecipada para as quartas-de-final da Superliga Feminina de Voleibol ao derrotar o São Cristóvão Saúde/São Caetano por 3 sets a 0  (18/25, 16/25 e 21/25) na noite desta sexta-feira. O jogo foi em São Caetano do Sul (SP) e o time catarinense encerrou a sétima rodada do returno com 15 pontos e não pode mais ser alcançado no 8° lugar no campeonato. O São Caetano permanece em 9° e com 7 pontos não terá chances de ultrapassar a equipe catarinense na classificação.

Com a classificação garantida, o time ganha folga para este final de semana de feriado prolongado de carnaval. Atletas e comissão técnica se reapresenta na quarta-feira para voltar aos treinos já visando a partida contra o Pinheiros (SP), pela penúltima rodada do returno. O jogo é em São Paulo no dia 18 a partir das 18h30 e terá transmissão ao vivo tanto do Sportv como do canal Esporte Interativo.

Sabendo que o São Caetano precisava vencer em casa para continuar com chances de classificação no campeonato, o técnico de Rio do Sul, Rogério Portela, procurou ao longo desta semana acalmar os ânimos das jogadoras. “Ao mesmo tempo em que todos estavam ansiosos para confirmar a vaga, o São Caetano queria o resultado em casa para continuar no páreo”. Experiente pelas 11 participações que já teve em Superligas como treinador ou auxiliar técnico, Portela fez questão de ressaltar: “a ansiedade só vai nos atrapalhar”.

E a orientação deu resultado. As meninas de Rio do Sul entraram no jogo concentradas e de forma tranquila foram abrindo vantagem tanto no primeiro como no segundo sets. Em nenhum momento nestas duas parciais chegaram a ser superadas no placar. O terceiro set começou mais equilibrado, mas Rio do Sul teve paciência para conduzir a pontuação sem desgaste e fechar a partida com tranquilidade em um belo bloqueio da meio de rede Paula Barros.

Elis foi muito segura ao longo do jogo e diferente do que vinha acontecendo nas últimas rodadas, quase não teve bloqueio que segurasse as bolas atacadas na entrada de rede. Ela marcou 11 pontos e recebeu o troféu Viva Vôlei de melhor da partida.

Mas não foi só de Elis que a vitória foi construída. O ataque ainda tinha Neneca que marcou 15 pontos, e Wime, com outros 14. O grupo catarinense foi superior e em nenhum momento do jogo deixou o time do São Caetano tomar a iniciativa e equilibrar a partida. “É uma vitória e uma classificação do conjunto. Isso que nos deixa ainda mais felizes”, salientou Elis.

Esta é a segunda participação do time de Rio do Sul na Superliga Feminina desde que a equipe foi criada em 2005. Nos últimos dois anos na elite do esporte nacional, enfrentou adversários tradicionais e conquistou vitórias e pontos importantes que criaram um feito inédito ao esporte de uma cidade de cerca de 60 mil habitantes no interior de Santa Catarina. “Todos tem nos apoiado muito e este era um presente que nós queríamos dar ao nosso torcedor. Mas agora a gente leva o nosso pensamento para frente, tanto para fechar bem o returno contra o Pinheiros e Praia Clube, como para entrar no playoff com muito mais vontade e dedicação”, ressaltou o treinador Portela.

Pin It

Comentários estão fechados.