Neneca volta a encantar em mais uma vitória de Rio do Sul

Com atuação brilhante da oposta Neneca, Rio do Sul venceu o Pinheiros na noite desta segunda-feira em São Paulo. A atleta da equipe Rio do Sul/Equibrasil fez 27 pontos e foi a melhor jogadora recebendo o troféu Viva Vôlei oferecido pela CBV. O jogo terminou em 3 sets a 2 (25/18, 23/25, 17/25, 25/21 e 8/15) e o resultado dá condições para que o time de Santa Catarina possa disputar a última rodada do returno e brigue pela sétima colocação na classificação da Superliga.

O time de Rio do Sul teve de se virar com os desfalques de última hora por conta das contusões da levantadora titular Ananda, com dores nas costas e da oposta Wime, com problemas na panturrilha esquerda. E o esquema criado pelo treinador Rogério Portela começou a dar certo no segundo set, quando Rio do Sul reagiu depois de começar atrás no placar. Neneca foi novamente uma peça chave do time catarinense, garantindo pontos importantes durante toda a partida disputada no ginásio do Esporte Clube Pinheiros na capital paulista

Pelo lado das donas da casa, as jogadas realizadas com Ana Carolina e Ellen Braga também faziam efeito, mas Rio do Sul teve boa atuação na defesa e não se intimidou como bloqueio do Pinheiros. Flavinha que substituiu Ananda e Camila Paracatú improvisada de oposta, tiveram o desempenho esperado pelo treinador Portela, garantindo o resultado positivo mesmo jogando fora de casa. Jaque também entrou ao longo do jogo no lugar de Flavinha e foi muito bem, para alegria do treinador. “As jogadas passaram a funcionar com maior eficiência na mão da Jaque, que jogou muito pouco até agora na Superliga. Isso mostra que nosso time, apesar de um plantel pequeno, consegue segurar a barra em momentos difíceis”.

Portela elogiou ainda a atuação das meios-de-rede Edna e Paula Barros e da ponta Priscila, que volta aos poucos de contusão e marcou 11 pontos. “Tive de arriscar. Com a Camila de oposta, Vanessa na ponta e a Elis muito marcada, nós precisávamos buscar maneiras diferenciadas de pontuar. E isso funcionou”.

Com 27 pontos marcados e o troféu de melhor jogadora em mãos, Neneca explicou que teve de “quebrar a cabeça” para buscar uma estratégia para conseguir superar o bloqueio do Pinheiros. “É mérito delas até agora de terem feito tantos pontos de bloqueio. Então a gente estudou muito para poder explorar isso melhor. Conversamos muito entre a gente e com a ajuda do grupo, as jogadas foram dando muito certo”, argumenta a ponteira que também anotou três pontos de saque.

O resultado em nada muda as colocações de Rio do Sul e Pinheiros na tabela, mas o time catarinense fica mais próximo do Usiminas que tem dois pontos a mais e recebe o Osasco nesta terça-feira. Dependendo da combinação de resultados, Rio do Sul pode chegar na última rodada com chances de abocanhar o 7° lugar na classificação, melhorando a previsão de ida aos playoffs. O Pinheiros permanece em sexto lugar mas não deverá perder a posição.

O próximo jogo da equipe Rio do Sul/Equibrasil é nesta sexta-feira (22), contra o Praia Clube, fechando a participação da equipe catarinense no returno. O jogo será em Rio do Sul no ginásio do Sesi, no bairro Canta Galo a partir das 21h. Os ingressos já estão à venda por R$ 10. Na hora do jogo, o bilhete custará R$ 12.

Pin It

Comentários estão fechados.