Juventus anuncia que pretende desistir da disputa do Catarinense

Alegando graves problemas financeiros o Juventus de Jaraguá do Sul deve desistir da disputa do Campeonato Catarinense. Na noite desta sexta-feira, Claudemir Ruedieger, um dos dirigentes do clube, revelou a situação crítica vivida pela agremiação através de uma publicação em sua página no Facebook.

“O Juventus esta por um fio, só não desistiu do Catarinense hoje, porque os jogadores são muito profissionais e viram na diretoria do Juventus muita sinceridade, vontade de trabalhar. Nesta segunda-feira tudo indica que iremos pedir licença para Federação Catarinense de Futebol por falta de apoio e verbas para o restante do campeonato”, diz um dos trechos da publicação do diretor.

Em entrevista a TV RIC Record de Joinville, o presidente Jerri Luft, confirmou a crise financeira e garantiu que a possibilidade de desistência é grande. “O Juventus vem passando uma crise financeira muito grande. Algumas notícias ontem nos deixaram muito tristes. Estamos hoje com 30 dias de salário atrasado, e tomamos uma decisão em conjunto de jogar neste domingo em Palhoça. Na segunda-feira vamos procurar o prefeito de Jaraguá do Sul, a Câmara de Vereadores, e todos aqueles que poderem nos ajudar. Caso não tenho êxito, o caminho é pedir a desistência do Catarinense”, revela o presidente do Juventus.

Caso o clube realmente desista do Catarinense, o caso será encaminhado ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Santa Catarina. De acordo com o regulamento do Campeonato Catarinense de 2013, o Juventus deverá ser afastado das competições promovidas pela Federação Catarinense de Futebol (FCF) por dois anos, além estar sujeito a uma multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

Fonte: Engeplus -Esportes Amador.

Pin It

Comentários estão fechados.