Giovani Nunes pode ser o técnico do Marcílio Dias na série D do brasileirão

O Marcílio Dias assumiu a vaga deixada pelo Brusque na Série D do Campeonato Brasileiro de 2012. A diretoria agora trabalha forte para tentar formar um time competitivo antes do inicio do campeonato. Uma missão importante é definir quem deve ser o técnico. O presidente Abelardo Lunardelli prefere não adiantar nomes, mas alguns treinadores aparecem com boas possibilidades: Mauro Ferreira, o Mauro Tatu, que comandou o clube nas últimas rodadas do estadual, poderá ser efetivado no cargo. Giovani Nunes, que comandou o Atlético de Ibirama no estadual é outro nome que ganha força nos bastidores em Itajaí. A especulação também não foi confirmada pelo presidente. “Pode ser, mas por enquanto ainda não temos nada definido”, disse Lunardelli. E é verdade. Contatado pela equipe da TvImagemNet, Giovani diz que ainda faltam definir algumas coisas e que esta decisão será tomada até segunda-feira (7/5). Provavelmente no final de semana já exista um posicionamento. Contam a favor de Giovani Nunes as duas passagens pelo Marcílio Dias, uma como jogador, entre 1996 e 2003 e outra na coordenação do futebol profissional, em 2010. Mas as opções não param por aí. Existe ainda a possibilidade de um terceiro nome estar em pauta na diretoria do Marcílio Dias. Seria um ex-zagueiro do clube e que hoje está no Paraná. Informação também não confirmada pela diretoria. O Marcílio Dias que está no Grupo A7, estreia no Campeonato Brasileiro da série D no domingo, dia 3 de junho, quando enfrenta o Cerâmica em Gravataí no Rio Grande o Sul. A rodada de abertura da Série D acontece no dia 27 de maio. Os meias Xipote e Matozinho, do Atlético de Ibirama e o goleiro João Ricardo, do Brusque, também devem compor o elenco do Marinheiro na série D.

Pin It

Comentários estão fechados.