Atlético de Ibirama retoma treinamentos após empate

Os jogadores do Atlético Hermann Aichinger retornaram aos treinos nesta terça-feira (9) tentando esquecer o empate sem abertura de contagem com o Metropolitano. O foco agora passou a ser as partidas com o Camboriú, domingo às 16 h, no litoral e depois a Chapecoense, na Arena Condá. O time de Ibirama precisa conquistar os seis pontos e ficar na torcida para que os blumenauenses não vençam ao Avaí e Criciúma, respectivamente. Essa é a única forma dos ibiramenses conquistarem a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D, principal objetivo da temporada.

O técnico Mauro Ovelha reconhece que a classificação ficou difícil, mais ainda existe luz no fim do túnel. “Vamos continuar fazendo a nossa parte, que é vencer esses dois jogos fora, para depois se preocupar com o Metropolitano”. O treinador observou que o grupo está consciente e determinado em conseguir os resultados. Na avaliação sobre o empate, no domingo, ele alertou que nem porque já está rebaixado, o Camboriú será um adversário fácil de ser batido. “Com certeza eles (Camboriú) querem se despedir da torcida com vitória”. O Atlético depois de 100% de aproveitamento em três rodadas do returno, não ganha o mesmo número de partidas. Empatou com o Joinville e Figueirense em 1 a 1 e 0 a 0 com o Metropolitano.

Os atacantes Jean Carlos e Beto, o meia Bruno e o ala Santos, foram avaliados pelo médico Roger Chaves Duarte. O que mais preocupa é Santos, que dificilmente terá condições para atuar no domingo. Beto que saiu aos 38min do primeiro tempo sentindo desconforto muscular não tem presença garantida diante do Camboriú. Ele deve ser poupado dos treinamentos durante a semana. O mesmo acontece com Jean Carlos, que quase foi vetado na partida com o Metropolitano. Fora os jogadores no Departamento Médico, Ovelha terá os demais à disposição porque nenhum está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Orlando Pereira – Assessoria de imprensa CAHA

Pin It

Comentários estão fechados.