Atlético contrata atacante do Penapolense

O Atlético Hermann Aichinger acertou a contratação do atacante Beto, 25 anos, que estava jogando na Penapolense (SP). O jogador revelado nas categorias de base do Palmeiras defendeu a Ponte Preta (SP) e o Bragantino (SP), antes de se transferir para o Wisla, da Polônia, onde foi campeão em 2009. Depois atuou durante duas temporadas na China. Enquanto Beto era apresentado, na segunda-feira pela manhã, o atacante Giba se despedia. Em comum acordo com a diretoria ele pediu rescisão de contrato e agora vai depender o Brasiliense (DF). Outros dois jogadores estão sendo aguardados nas próximas horas em Ibirama, mas os nomes não foram revelados para evitar assédio de outros clubes.

Beto chega com o desafio de acabar com o jejum de gols. Em seis partidas o Atlético marcou apenas quatro. Jean Carlos anotou dois, enquanto os outros foram de Adriano e Vanderlei. “Venho para ajudar os meus companheiros e com certeza com a união de todos os gols e por consequência as vitórias irão surgir naturalmente”. O atacante defendeu as seleções brasileiras Sub-18 e Sub-20. Ele conhece o futebol catarinense apenas por ter jogado diante do Criciúma, Avaí e Figueirense, quando defendia o Bragantino, no Campeonato Brasileiro da Série B.

O técnico Mauro Ovelha não descarta a possibilidade de utilizar Beto na partida de domingo, em Blumenau, diante do Metropolitano. Os documentos para a regularização da transferência estarão sendo entregues na quarta-feira na Federação Catarinense. “Se estiver em condições viaja e poderá ser aproveitado no transcorrer da partida”. O treinador confirmou que outros dois jogadores chegam nas próximas horas ao Estádio da Baixada. Ele negou que sejam os Soares e Schwanke, atacantes que já defenderam o Figueirense. “São dois excelentes jogadores, mas precisamos de alguém bem fisicamente para entrar no time imediatamente”, complementou.

Orlando Pereira 

Assessoria de imprensa CAHA

Pin It

Comentários estão fechados.