Trânsito nas imediações da prefeitura vai mudar a partir de segunda-feira (25)

IMG_3253

A partir da manhã de segunda-feira (25), o trânsito pelas ruas próximas à prefeitura de Rio do Sul terá alterações por conta de obras nas calçadas da rua Anita Garibaldi, em frente o terreno onde está a Ford Buatim.

Motoristas devem prestar atenção ao transitar pela região já que esta obra na calçada envolve o alargamento do passeio em cerca de 1,5 metro, ampliando o espaço de pedestres e corrigindo um problema histórico de mobilidade, permitindo, assim, acessibilidade completa.

Só que com o alargamento, as pistas para o trânsito de veículos serão deslocadas um pouco mais para a direita. O estacionamento do lado oposto, do prédio do Bob´s ao Colégio COC Rio do Sul, será permanentemente eliminado, não servindo mais como ponto de parada para embarque e desembarque de estudantes, seja com automóveis ou com transporte coletivo como vans ou ônibus.

Durante o período de obras nas calçadas, que deve durar em torno de 30 dias, o trânsito pela rua 15 de Abril será em mão única no sentido: rua 7 de Setembro – rua Coelho Neto. Este trajeto será inclusive utilizado para o transporte de estudantes do Colégio COC, que poderão fazer o embarque e desembarque na Coelho Neto. Este ponto de parada na rua será permanente, mesmo após a conclusão dos trabalhos.

Os motoristas que estão na rua Princesa Isabel e desejam vir ao Centro da cidade pela ponte Viriato Alves Garcia não poderão acessar a rua 15 de Abril. O sentido será obrigatório pela rua Coelho Neto, em direção à Casas da Água.

As calçadas na rua Anita Garibaldi fazem parte de um projeto desenvolvido pela prefeitura com parceria do Ministério das Cidades desde 2014 para reurbanização de passeios e também do Terminal Urbano no Centro. Entretanto, as obras não avançaram neste ponto entre a Ford Buatim, cujo trecho tem em torno de 110 metros de extensão. O serviço precisa ser finalizado para a prefeitura entregar o projeto ao Ministério das Cidades.

“Precisamos concluir a obra desta calçada que é muito importante para a comunidade. O espaço ali é muito estreito e agora será adaptado às regras de acessibilidade nacional. O motorista perceberá mudança com o deslocamento das pistas, mas o trânsito deve ficar melhor com a eliminação do estacionamento que muitas vezes causa transtorno”, salienta o secretário de Infraestrutura (SEINFRA) da prefeitura, Fábio Alexandrini.

Clóvis Eduardo Cuco
Pin It
Você gostaria de comentar?