Sala de fisioterapia da Unidade Básica de Saúde do Centro recebe pacientes de todo o município

IMG_0963
Pronta desde março desse ano, a sala de fisioterapia dentro do Posto de Saúde do Centro está aberta a todos os pacientes que necessitarem atendimento. O espaço funciona 2ª, 4ª e 6ª de manhã e terça e 4ª-feira à tarde, no horário das 8h30min às 11h30min.

De acordo com a fisioterapeuta responsável pela sala, Nathalia Kracik Carmona, os pacientes passam primeiro por uma avaliação médica onde é determinada a quantidade de sessões. “Normalmente são requisitadas dez sessões. Quando há uma quantidade maior que isso, 20, por exemplo, o paciente faz as dez primeiras e retorna à fila de espera. Assim, aquelas pessoas que estavam aguardando são chamadas. “, explica.

Para melhor organização, foi estabelecido 30 minutos para cada paciente. “Alguns casos são mais críticos, aí eu coloco apenas um por hora. Assim, consigo trabalhar melhor e dar mais atenção. “, esclarece a profissional enquanto auxilia Márcio Knopp na realização dos movimentos.
Knopp, que realizou uma cirurgia para implantação de prótese no quadril há dois meses, diz que está feliz com os resultados. “É um ótimo trabalho! Além de perceber minha a evolução a cada semana, não preciso pagar nada.”.

Antes, esse trabalho era feito apenas nos domicílios e necessitava de uma avaliação prévia com assistentes sociais para comprovação de renda. Desse modo, nem todas as pessoas recebiam o atendimento. A partir da abertura da sala, no primeiro trimestre de 2017, qualquer cidadão que necessitar atendimento com fisioterapeuta, poderá fazer.

Segundo Iara Possamai, Diretora da Saúde, atualmente o município conta com apenas uma fisioterapeuta  contratada por 20 horas semanais e a demanda dos serviços é muito grande. “Pedimos a compreensão daqueles que estão na fila de espera e garantimos que todos serão atendidos. “, enfatiza.  
Conforme explica o prefeito Nelson Virtuoso, está sendo feito uma reclassificação de diversos cargos, salários e carga horária onde a fisioterapeuta também está inclusa nesse estudo. O projeto de readequação será encaminhado para a Câmara de Vereadores nos próximos dias.
Crislene Roberta.
Pin It
Você gostaria de comentar?