Rio do Sul: Seminário discute ações de combate à violência contra mulher

seminario

No dia 24 de novembro acontece o III Seminário Municipal da Não Violência Contra a Mulher em Rio do Sul. O evento será no auditório do Instituto Federal Catarinense (IFC), no bairro Jardim América.

A iniciativa é parte do planejamento de ações de 2017 da Rede de Atendimento às Mulheres em Situações de Violências de Rio do Sul. O seminário é uma maneira de capacitar profissionais que atuam na prevenção e proteção de mulheres em situações de violência; principalmente os trabalhadores responsáveis pela Notificação Compulsória de Violência Interpessoal e Autoprovocada.

A Rede de Atendimento às Mulheres em Situações de Violências de Rio do Sul atua em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. O seminário irá tratar, ainda, da produção de fluxograma de funcionamento intersetorial de atendimento a mulheres que sofrem violência. Na ocasião, haverá a apresentação do fluxograma, como mostra a assistente social do Núcleo de atendimento multidisciplinar de educação e Apoio Multidisciplinar (NAM), Cláudia Fronza.

Outro tema, dos três que serão apresentados, é a importância da notificação compulsória. A notificação é fundamental para o registro de dados, serviços e criação de políticas públicas neste segmento. A enumeração de registros é feita principalmente pelos trabalhadores da área de saúde. “A palestra sobre o tema irá mostrar como preparar a documentação e compilação de dados”, afirma a assistente social.

Serão 250 vagas direcionadas para público específico. Sendo 150 vagas aos servidores da saúde e 100 destinadas aos representantes de instituições, Polícia Militar, delegacia especializada, Poder Judiciário, dentre outras entidades. Este é o terceiro seminário organizado pela Rede de Atendimento às Mulheres em Situações de Violências de Rio do Sul. No primeiro seminário o houve a divulgação da Rede e trabalho de prevenção. No segundo encontro foi realizada a formação de mesa de debates para discussão do fluxo de atendimento, dificuldades e avanços. “Agora iremos orientar sobre o funcionamento da Rede”, diz Cláudia.

Programação

12h30 – Recepção e cadastramento

13h – Abertura

13h30 – Apresentação: “Rede de Atendimento às Mulheres em Situações de Violências de Rio do Sul: Articulação, Prevenção e Proteção”. Palestrante: Claudia Fronza da Silva (Assistente Social, Coordenadora da Rede de Atendimento à Mulher em Situações de Violências de Rio do Sul)

14h – Palestra: “Enfrentamento das violências, a importância da rede intersetorial”. Palestrante: Gladis Helena da Silva (Assistente Social e Gerente de Vigilância de Agravos, Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC)

15h30 – Intervalo com café

15h50 – Palestra: “Notificação Compulsória de Violência Interpessoal e Autoprovocada”. Palestrante: Gladis Helena da Silva

17h – Debates

17h30 – Encerramento

Serviço

Assunto: III Seminário Municipal da Não Violência Contra a Mulher em Rio do Sul

Dia: 24/11/17

Hora: 12h30

Local: O auditório do IFC está situado à rua Abraham Lincoln, 210. Bairro Jardim América.

Mário Dáud

Pin It
Você gostaria de comentar?