Regional de Taió apoia projeto para recuperação de áreas de preservação permanente no Alto Vale

Apremavi

A partir da próxima semana, o gerente de Políticas Socioeconômicas Rurais e Urbanas da ADR Taió, Alcides Francisco Pivatto fará uma visita às Secretarias Municipais de Agricultura para divulgar e explicar o como os agricultores podem aderir ao projeto “Restaura Alto Vale”, da Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi), de Atalanta.

O projeto vai apoiar a adequação ambiental de aproximadamente 500 imóveis de pequenos produtores rurais do Alto Vale, priorizando aqueles que já tenham realizado o Cadastro Ambiental Rural (CAR). Para isso o produtor vai receber mudas de árvores nativas, o arame para construção de cercas de proteção e toda a orientação técnica.

Conforme o gerente, os agricultores interessados em participar do projeto devem entrar em contato com os escritórios da Epagri ou com as Secretarias Municipais de Agricultura. “É uma ótima oportunidade para o agricultor familiar recuperar as áreas de preservação permanente de sua propriedade”, destacou Pivatto.

O projeto “Restaura Alto Vale” é uma parceria entre Apremavi, Amavi, Unidavi, Epagri, prefeituras, ICMBio e foi classificado pelo Fundo Social/BNDES Restauração Ecológica para receber recursos.

Pin It
Você gostaria de comentar?