Quatro empresas rio-sulenses serão atendidas pela SCGás

Neste sábado, 14, será realizada a solenidade de início na distribuição do gás natural canalizado para a cidade de Rio do Sul, com a presença do Governador do Estado, Raimundo Colombo, e do presidente da SCGÁS, Cósme Polêse. Entre os atos do cerimonial está a entrega dos contratos com os quatro primeiros clientes da cidade: as indústrias Pamplona, Paintech e Engecass, além do Posto do Encontro.

A Pamplona Alimentos, sede do cerimonial, atua no agronegócio e produz cerca de 11 mil toneladas por mês de carne suína e bovina. Irá utilizar o gás natural em um chamuscador e na cozinha industrial, deslocando o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo). Fundada em 1948, atualmente tem 2.328 funcionários em parque fabril de 32 mil m². Em 2014 a empresa ficou na terceira posição do Ranking Nacional do Agronegócio entre as empresas que mais cresceram em faturamento, segundo a Revista Exame.

Fundada em 1998, a Paintech Indústria e Comércio atua no ramo metalúrgico, produzindo acessórios para bicicletas. O foco de atuação é o mercado nacional, contando como principais clientes a Metalúrgica Riosulense, a Royal Ciclo e a Demovel. A empresa utilizará o gás natural em uma estufa, deslocando o GLP.

Com 20 anos de história, a Engecass está instalada em uma área fabril de aproximadamente 10 mil m². Em sua linha automotiva produzem elevadores, duplicadores de vagas e equipamentos para suporte ao alinhamento de rodas. Já na linha de vapor produzem caldeiras, secadores e sistemas de armazenamento e transporte. Irá utilizar o gás natural em suas estufas de cura e pós-cura, deslocando o GLP.

O outro cliente será o Posto do Encontro, que continuará comercializando o Gás Natural Veicular (GNV). O posto era abastecido desde 2010 pelo Gás Natural Comprimido (GNC), sistema que distribui gás por meio de cilindros em caminhões. Com a mudança, a cidade de Rio do Sul passa a ter abastecimento contínuo de GNV e esses caminhões deixam de circular nas ruas – contribuindo para a mobilidade urbana e a redução do custo do produto. Por estar localizado na BR-470, o posto atende tanto a frota de 698 veículos equipados ao uso de GNV de Rio do Sul quanto outros automóveis que estiverem passando pela rodovia.

SERRA CATARINENSE

A solenidade representa o encerramento da terceira fase do Projeto Serra Catarinense, no trecho entre Ibirama e Rio do Sul, que ampliou em 38 km a rede de distribuição de gás natural. O Serra Catarinense é o maior projeto de ampliação de rede de distribuição de gás em andamento no Brasil, com investimentos totais estimados em R$ 260 milhões. O projeto levará a rede de Indaial até Lages, percorrendo 16 municípios do Alto Vale e Serra Catarinense. Com a conclusão da terceira fase foram construídos 81 km de rede de distribuição dos 230 km previstos no projeto.

VANTAGENS DO GÁS NATURAL

Com a chegada em Rio do Sul, o gás natural está trazendo muitos benefícios para as indústrias da região. Por ser mais leve que o ar, dissipa-se rapidamente na atmosfera, diminuindo o risco de acidentes. O gás natural prolonga a vida útil dos equipamentos por não deixar resíduos nos produtos e maquinário. Como o fornecimento é contínuo, o gás natural aumenta a qualidade dos produtos pelo alto rendimento térmico. Também não há necessidade de gestão de estoque, o pagamento é realizado após a utilização e a SCGÁS oferece suporte de sua Gerência de Tecnologia para otimização dos custos.

Para os motoristas, o GNV tem como principal vantagem a economia, que atualmente é de 56% em relação à gasolina e 62% com o etanol. Por ser um combustível seco, não gera resíduos de carbono na parte interna do motor, aumentando a vida útil e o intervalo de trocas de óleo. O GNV também é reconhecido por ser seguro, pois possui sistema de armazenamento e compressão com válvulas de segurança que se fecham no caso de algum rompimento. Além disso, o GNV não pode ser adulterado e seu uso não diminui a potência do veículo. Após a instalação do kit, o veículo segue compatível com os combustíveis, não implicando em exclusividade.

Juliete Tambosi

Pin It
Você gostaria de comentar?