Professores das redes públicas ganham espaço de formação e experimentação em tecnologias educacionais

efex_blumenau_20171016_1206303409

Um dia após o Dia do Professor a Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina (SED), o Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB) e a Universidade Regional de Blumenau (FURB) entregam aos professores o primeiro espaço de formação e experimentação em tecnologia educacional, em Blumenau. O  EfeX é um conceito de espaço físico para criação e compartilhamento de práticas pedagógicas inovadoras mediadas pela tecnologia.

Voltado a professores das redes públicas, o espaço foi concebido para funcionar integrado às redes de ensino, permitindo ao professor experimentar tecnologias educacionais, ao mesmo tempo em que aprimora suas competências no uso de instrumentos e recursos digitais. “Queremos oferecer aos professores um local convidativo, onde se sintam à vontade para conhecer e testar dispositivos, recursos digitais e metodologias do seu jeito, desenvolvendo e compartilhando planos de aula que possam melhorar suas práticas pedagógicas”, diz Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do CIEB.

A proposta pedagógica do EfeX contempla, ainda, um conjunto inédito de diretrizes de formação para os educadores, com conteúdo e metodologias alinhadas ao conceito de experimentação e aprendizagem ativa. O material, elaborado em parceria com especialistas em tecnologia educacional, está organizado em módulos independentes, de temas como ensino híbrido, cultura maker, gamificação, educomunicação, plataformas adaptativas, recursos digitais para publicação e compartilhamento; e avaliação por meio de recursos digitais. Cada módulo apresenta textos conceituais, indicações de atividades, bibliografia, cases de sucesso e vídeos.

De acordo com o conceito EfeX, o espaço está equipado com recursos de ponta, como cortadora a laser, cortadora de vinil, kits de eletrônica e protoboard, kits de invenção e de robótica, além de notebooks e tablets. Também estão disponíveis ferramentas para criação de mídias, estrutura vinílica para filmagens de vídeo-aulas, câmera fotográfica e kits de iluminação.

O uso de tecnologias educacionais requer também a transformação do espaço físico, que deve ser adaptado para abrigar novas formas de relacionamento e dinâmicas no processo de ensino-aprendizagem. Por isso, o EfeX propõe um modelo de ambiente diferenciado, que foi desenvolvido especificamente para estimular e favorecer a formação e a experimentação continuada.

“Esta data está carregada de simbolismo. Um presente aos professores no momento em que vemos o impacto da tecnologia em sala de aula. Que este espaço possa ser um aliado importante para o professor avançar na customização das aulas e tornar o uso da tecnologia mais simples”, destaca o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps.

Em Blumenau, o espaço foi instalado em uma área de 100  metros quadrados da FURB. Todos os professores da rede pública de ensino podem participar das atividades e formações do EfeX. Para isso, é preciso entrar em contato com a SED, que ficará responsável pelo gerenciamento das formações.

Também em parceria com o CIEB, a SED lançou o Plano Estadual de Inovação e Tecnologia Educacional, que teve ampla participação de representantes dos Núcleos de Tecnologia Educacional (NTEs), técnicos, gerentes e diretores da SED. “Lançamos o nosso Plano antes mesmo do Plano Nacional lançado pelo MEC. Mais uma vez Santa Catarina sai na frente no que diz respeito a tecnologia educacionais”, finaliza Deschamps.

Edinéia Rauta

Pin It
Você gostaria de comentar?