Presidente Getúlio – 3 anos de municipalização da água

10 de fevereiro. Uma data importante para o município de Presidente Getúlio. Essa é a data que a Prefeitura de Presidente Getúlio rompeu o contrato de concessão dos serviços de água com a Casan, pois muitas ações foram tomadas, para que a população do município possa ter atendimento com água de melhor qualidade bem como em quantidade. Inicialmente, foram levantados os principais problemas, através de técnicos com larga experiência em abastecimento de água, contratados pela Prefeitura, em função do sistema de Presidente Getúlio ficar nos últimos anos sem projetos, sem melhorias e sem a devida manutenção.

Entenda o caso – A disputa entre Prefeitura e Casan teve início em 2009, pois o convênio celebrado em 2005, foi feito de forma ilegal, inclusive teve influência direta para que a sentença proferida pelo Juiz da Comarca de Presidente Getúlio fosse favorável ao município. A Casan atuou durante 35 anos em Presidente Getúlio. A administração realizou audiência Pública no dia 22 de setembro, quando unânime a população aprovou a municipalização da água e saneamento básico. A ausência total de investimentos em saneamento básico e a precária manutenção do sistema de água nesse período, bem como a má qualidade da água foram os principais motivos para a não renovação do contrato. O estudo para municipalização teve início em fevereiro de 2009 com a participação no Seminário sobre Saneamento Básico em Florianópolis pela FECAM, e após, no mês de abril visita a São João Batista, onde a municipalização já é realidade desde 2005. Em São João Batista, não houve reajuste tarifário, solucionando em praticamente 100% a falta de água, e já foram arrecadados mais de R$ 8 milhões de reais, com investimentos que superam a casa dos 60%. Em quatro anos, foram 25 km de ampliações na rede de distribuição de água tratada e mais de 2 mil novas ligações beneficiando indústrias e residências. Também é feito análise de água a cada duas horas e atuam 24h.

Equipamentos tiveram que ser adquiridos com urgência, serviços tiveram que ser realizados também com urgência bem como o conhecimento de todo o sistema de água.

 

 

Para conhecimento da população, abaixo estamos prestando os esclarecimentos das atividades desenvolvidas:

Captação de água:

Adquirido uma bomba submersível a qual tem maior vazão para o recalque de água do rio até o poço de sucção;

Realizado usinagem do rotor na bomba que recalque água até a captação, em função da mesma estar trabalhando sem eficiência. Essa usinagem aumentou a vazão e diminui um pouco os gastos de energia elétrica.

Estação de Tratamento de Água:

Esta unidade foi a que mais teve atenção por apresentar muitos problemas. Inicialmente, através de técnicos experientes, foi dado treinamento aos operadores da estação de tratamento de água. No treinamento, além do tratamento de água, também receberam treinamento para as análises operacionais da água que são realizadas a cada duas horas.

Foram adquiridos vários equipamentos para as análises de água, como: 01 turbidímetros, 01 colorímetro para cor, 01 colorímetro para cloro, (para analise de turbidez, cor e cloro, respectivamente). Também foram adquiridos vidrarias, 01 destilador de água e um tanque de polipropileno para armazenamento de hipoclorito de sódio. Os filtros possuíam pouco carvão antracitoso para a filtração de água, e estes foram complementados. Um dos decantadores estava sem as placas de decantação e foi colocada para melhor qualidade de água. Foi contratado laboratório terceirizado para a realização de análises microbiológicas na água tratada e na água distribuída, em aproximadamente vinte pontos de coleta de água mensais selecionados estrategicamente, de modo à obtenção de um monitoramento minucioso.

 

Atualmente, o serviço de abastecimento de água municipal atende em 100% a Portaria 518 do Ministério da Saúde, realizando todas as análises exigidas pela legislação vigente. Dessa forma, o povo getuliense pode ter a garantia de estar consumindo um produto de qualidade.

 

Rede de distribuição:

O maior problema encontrado na rede de distribuição foi os vazamentos invisíveis. Para encontra-los foi adquirido equipamento denominado Geo-Fone de alta tecnologia para a procura destes vazamentos. Além de pequenos vazamentos encontrados e um grande, quando então os reservatórios começaram a encher todas as noites e resolvido o problema da falta de água que a população sentia. Para os serviços de manutenção da rede de distribuição, foi adquirida uma saveiro.

 

Aquisições: Geofone eletrônico, Medidor de cloro microcessado, Turbidímetro eletrônico, Colorímetro eletrônico, Destilador de água, Bomba flutuante, Bomba dosadora, Computadores, Tanque para cloro, Bomba de alta pressão para limpeza, Bomba a gasolina para manutenção rede, Impressoras e palms para impressão fatura, moto e Saveiro.

 

Qualidade de água:

Com as melhorias na Estação de Tratamento de Água, o treinamento dos operadores da ETA, a Prefeitura está distribuindo água potável com qualidade dentro da portaria nº 518 do Ministério da Saúde. Isto tem sido comprovado através de análises laboratoriais realizadas pelo laboratório contratado. Outras melhorias serão realizadas na Estação de Tratamento de Água, e a população irá perceber nitidamente a melhoria na qualidade de água.

 

SAATE

Foi realizado Concurso nas unidades escolares com o objetivo de escolher o nome, slogan e layout do novo serviço de abastecimento de água. O nome escolhido foi SAATE (Serviço de Abastecimento de água e Tratamento de Esgoto), além do desenho de autoria da aluna, Letícia Heinzen, nove anos, da EMEF Walter Buss do Caminho Papanduva. Foi também aproveitado o slogan “Nossa água, nossa responsabilidade” de autoria da mesma. A vencedora levou uma TV 20’. Participaram 200 trabalhos escritos.

 

LIMPEZA NA ETA

O Serviço de Abastecimento de Água de Presidente Getulio realizou limpezas na Estação de Tratamento de Água (ETA). Limpeza esta que nunca havia sido feita pela empresa antecessora. Desde que o município assumiu o Sistema de Abastecimento de Água, muitas intervenções foram feitas quanto à limpeza de unidades.

O tanque de contato, com acúmulo de resíduo de cal e areia, foi a primeira unidade a ser limpa, onde os servidores do sistema de água levaram várias horas para concluir o trabalho em função de muitos anos sem a devida limpeza. Em seguida foi realizada limpeza no módulo II e também dos reservatórios juntos à ETA, além do reservatório de 500.000 litros no morro da antena.

Após três tentativas de limpeza no módulo I da ETA com a utilização de jato de água de alta pressão, foi observada a necessidade de equipamentos especiais para que o grande volume de lodo fosse descompactado. Assim, a Prefeitura Municipal de Presidente Getulio, através do Serviço de Abastecimento de Água contratou a empresa ESGOFORT de Indaial que possui caminhão com equipamento especial para desintegração e retirada de todo o lodo do mesmo. Participou também do serviço o caminhão pipa da Secretaria de Obras. Somente assim foi possível a conclusão do serviço.

No fundo deste módulo, além do lodo havia madeiras, peças de PVC para decantação, plásticos e peças de metal. Estes serviços de limpeza o SAATE irá fazer periodicamente para não prejudicar o tratamento de água e proporcionar mais qualidade de vida ao povo getuliense. Passada esta etapa, a Prefeitura através do SAATE está programando a limpeza das tubulações visando melhorar ainda mais a qualidade da água que é servida.

O SAATE está trabalhando para transformar Presidente Getúlio no melhor lugar do mundo para se viver. NOSSA ÁGUA, NOSSA RESPONSABILIDADE.

 

NOVA ETA

A nova ETA foi adquirida pela SAATE (Serviço de Abastecimento de Água e Tratamento de Esgoto) num valor de R$ 150 mil reais. O objetivo dessa aquisição é aumentar a capacidade de abastecimento de água para os munícipes, especialmente no verão, época que é utilizado mais água.

Estação de Tratamento de Água é a parte do sistema de abastecimento onde ocorre o tratamento da água captada na natureza visando a potabilização para posterior distribuição à população. O processo convencional de tratamento de água é dividido em fases.

A nova ETA faz parte da ampliação do Serviço de Abastecimento de Água do município, serão mais 54 mil litros de água tratada por hora para atender milhares de pessoas com água potável.

Presidente Getúlio é o único município da região do Alto Vale do Itajaí a conseguir a municipalização e se tornou referência para os demais municípios.

 

Pin It

Comentários estão fechados.