Presidente da Câmara de Taió reduz em 50% cargos comissionados e a economia chegará à 310 mil reais

As medidas de economia por parte do Presidente da Câmara de Vereadores de Taió, Tiago Maestri (PSD) não param. Recentemente, após constatar o uso de seis linhas telefônicas sendo utilizadas não corretamente, Maestri tomou a decisão de cortar todas as linhas de celulares da Casa Legislativa, incluindo a dele, gerando uma economia de aproximadamente 25 mil reais para o legislativo taioense, mas os cortes para gerar mais economia para a cidade não param por aí.

Diante da proposta de corte de gastos, Tiago resolveu reduzir ainda em 50% os cargos comissionados na Câmara de Vereadores. “Desde o dia que iniciei o mandato como presidente, tenho observado durante todos os dias o funcionamento interno aqui da casa. Pude observar que, com essas medidas, não mudará em nada o bom funcionamento gerando mais economia com o dinheiro público. São elas desde o cafezinho, cargos, cortes telefônicos, entre outros. Essa semana me reuni com a equipe e decidimos por cortar em 50% os cargos comissionados, gerando uma economia de 310 mil reais durante esta legislatura. Toda a equipe através de algumas reuniões que fizemos optou por se esforçar um pouco mais e mantermos o bom andamento dos trabalhos internos” disse o presidente.

Tiago afirma ainda que “Essas medidas foram necessárias para atingirmos o objetivo de devolvermos aos cofres do executivo a nossa economia, podendo ser de imediato aplicada em benefício da população taioense.”

A pretensão do presidente do legislativo é, no final deste mês, devolver cerca de 50 mil reais para a prefeitura.

Tiago Maestri.

Pin It
Você gostaria de comentar?