Prefeitura de Rio do Sul lança processo licitatório para retirada de entulhos da enchente

20151116_1857402

A prefeitura de Rio do Sul lançou o processo licitatório para retirada, descontaminação do solo e destinação final das cerca de 2 mil toneladas de entulhos gerados na enchente de setembro de 2015. O investimento é de aproximadamente R$ 300 mil, sendo R$ 200 mil do Governo do Estado e R$ 100 mil de recursos próprios.

O primeiro Plano de Trabalho de Reconstrução solicitando recursos para este fim foi encaminhado ainda em setembro do ano passado, porém, foi indeferido pelo Ministério da Integração Nacional, órgão do Governo Federal.

Em janeiro de 2016, a proposta foi encaminhada à Secretaria de Estado de Defesa Civil, que sinalizou com a possibilidade de liberação desses recursos. “Em todas as enchentes anteriores nosso município recebeu esse subsídio, afinal, é um dinheiro que não está previsto em nosso orçamento. Quero agradecer a sensibilidade do nosso secretário de Estado, Milton Hobus, e também do nosso governador, Raimundo Colombo, para a liberação desse dinheiro”, explica o prefeito de Rio do Sul, Garibaldi Antônio Ayroso, o Gariba.

O processo de retirada e destinação dos entulhos envolve a descontaminação e recuperação dos quatro locais onde estes materiais estão depositados atualmente, como também, tratamento diferenciado para o destino final.

De acordo com o secretário adjunto de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente, Heber Xavier Ferreira, após a retirada dos entulhos, o terreno sofrerá um processo de raspagem, descontaminação do solo e reposição de material. “A empresa que vencer o processo de licitação também deverá nos apresentar um terreno e o projeto de recuperação dessa área de destinação dos entulhos, conforme a legislação ambiental vigente, o que complica um pouco mais o processo”, argumenta.

Passado o período burocrático do processo licitatório, o prefeito poderá assinar a ordem de serviço e a empresa vencedora iniciar o trabalho de retirada e destinação desses materiais.

 

Rafael José Beling
Pin It
Você gostaria de comentar?