Prefeitura de Rio do Sul deve eliminar protocolo em papel para licenciamento ambiental

IMG_8005

O protocolo de pedido de licenciamento ambiental na prefeitura de Rio do Sul deve ser menos burocrático e ágil com a assinatura de um termo entre o município e a Fatma. Nesta quinta-feira (13), o prefeito José Thomé recebeu o gerente de multiplicação do órgão estadual, Leonardo Santhiago, para efetivação do acordo que prevê a integração de sistemas informatizados.

Ainda não há prazo para a integração, mas a proposta é de eliminar a papelada e a burocracia envolvidos no pedido da licença ambiental. O Sistema de Informações Ambientais Fatma (SinFAT) já é utilizado no estado e passará a funcionar integrado com o departamento de Meio Ambiente da prefeitura.

Além do sistema o termo assinado hoje prevê gerenciamento conjunto das áreas verdes e de florestas do município, aumentando o controle. Será criado o Plano Municipal de conservação e recuperação da mata atlântica, em parceria com a ONG SOS Mata Atlântica. “É uma conquista para a área ambiental e também para organização daqueles que precisam de licenças ambientais, e deve ser muito valorizada”, salientou o prefeito Thomé.

Clóvis Eduardo Cuco

Pin It
Você gostaria de comentar?