Municípios da 14ª ADR receberam R$ 16,7 milhões através do Fundam

Rua Artur Hermann foi pavimentada com recursos do Fundam. Foto Sheyla Germano

Rua Artur Hermann foi pavimentada com recursos do Fundam. Foto Sheyla Germano

Os nove municípios que compõem a 14ª Agência de Desenvolvimento Regional de Ibirama já receberam cerca de R$ 16,7 milhões através do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). O recurso foi fundamental para realizar obras importantes num período em que as prefeituras enfrentam dificuldades financeiras por causa da queda na arrecadação.

Desse total a cidade sede da ADR, recebeu a maior fatia, cerca de R$ 4 milhões. O dinheiro foi utilizado na construção de uma passarela na ponte Ivo Silveira, no Distrito de Dalbérgia, construção de três pontes na localidade Rafael, três pontes na localidade Sellin e mais duas pontes na localidade Ribeirão das Pedras. Os convênios possibilitaram ainda a pavimentação de 15 ruas no Loteamento Luizinho, Loteamento Belenzinho, no Bairro Operário, na Vila Panorama e no Distrito de Dalbérgia.

Para o prefeito de Ibirama, Francisco Asbreno Lohn, o Fundam foi essencial aos municípios porque possibilitou a realização de obras importantes que não sairiam do papel por falta de recursos. “Hoje se não fossem os recursos externos, especialmente o Fundam, a nossa capacidade de investimento é praticamente zero. Os recursos próprios já são quase insuficientes para fazer o custeio e manutenção da máquina pública.”

Depois de Ibirama as outras cidades a receberem mais recursos foram Presidente Getúlio com um convênio de R$2.100.000,00 e Apiúna com R$2.055.000,00. Presidente Nereu recebeu R$ 1.900.000,00, Lontras R$ 1.700.000,00, Vitor Meireles R$1.500.000,00, Witmarsum R$ 1.300.000,00, José Boiteux R$ 1.250.000,00 e Dona Emma com R$ 1.000.000,00.

O secretário da 14ª ADR, José Adálcio Krieger, destaca que o mais importante  em relação  a quantia expressiva de R$ 16,7 milhões investida na região é que ela veio a Fundo Perdido. “Sem contrapartida da prefeitura e isso significou muito para o desenvolvimento dos municípios de nossa região. Aqui a grande maioria desses recursos foi aplicada em pavimentações que são uma necessidade nas pequenas cidades.”

Expectativa para 2017

O secretário revela ainda que em conversa com deputados, equipe econômica do Governo do Estado e o próprio governador eles já sinalizaram positivamente para a liberação de mais uma parcela do Fundam em 2017. “Estamos com essa expectativa, principalmente os municípios que enfrentam dificuldades por causa da baixa arrecadação. Outro aspecto importante é que o Fundam beneficia todas as cidades catarinenses, independente de siglas partidárias.”, finalizou.

Helena Marquardt

Pin It
Você gostaria de comentar?