Mais de dois mil alunos seguem com aulas suspensas na Regional de Ibirama

Centro de Lontras foto Helena Marquardt

Centro de Lontras foto Helena Marquardt

Nos municípios que compõem a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama, as aulas de mais de 2 mil alunos  da Rede Estadual seguem suspensas  em virtude das chuvas. No setor da Educação, a situação mais crítica é registrada em Lontras onde grande parte da cidade foi atingida por alagamentos.

Por causa da enchente, a Escola de Educação Básica Regente Feijó, suspendeu as aulas dos 992 alunos. Já na Escola de Educação Básica Cecília Bertha Hildegard Cardoso , os 200 estudantes  foram liberados.

O gerente de Educação da ADR de Ibirama, Nilo Poffo, explica que as aulas da EEB Lindo Sardagna, em Dona Emma, onde estudam 450 alunos e na Escola Indígena, Laklanõ, em José Boiteux, que atende 387 crianças e adolescentes, o atendimento precisou ser suspenso por causa de riscos no transporte escolar. “Essas escolas não foram atingidas diretamente por nenhum evento, mas decidimos em conjunto com a Defesa Civil suspender o atendimento para evitar riscos desnecessários já que muitas estradas enfrentam problemas e os alunos não conseguem chegar em segurança”, comentou.

Ele explicou ainda que nos demais municípios alguns alunos tem faltado às aulas por problemas pontuais, mas como são casos isolados, as escolas estão atendendo normalmente. “Daqui para frente vamos avaliando o comportamento do tempo e as orientações da Defesa Civil”, completou Nilo.

No Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) as aulas dos mais de 600 acadêmicos também estão suspensas por tempo indeterminado. De acordo com o diretor, Carlos Alberto Barth, o atendimento será normalizado quando a situação das cheias se estabilizar na região.

Situação das rodovias estaduais na região

Na região de Ibirama a situação das rodovias estaduais ainda é considerada tranquila, exceto a da SC-110 que liga Lontras a Presidente Nereu, onde um trecho está completamente alagado e por isso o trânsito foi totalmente interrompido sem previsão de liberação.  Os motoristas que precisarem sair ou entrar em Presidente Nereu ainda assim possuem rotas alternativas para chegar a BR-470 pela localidade de Concórdia, ainda em Lontras,  ou via interior de Apiúna e Vidal Ramos.

Helena Marquardt

Pin It
Você gostaria de comentar?