Joinville será o segundo município do país a utilizar o procedimento RNP AR de aviação

Na tarde de terça-feira (12), o prefeito de Joinville Udo Döhler, acompanhado do senador Luiz Henrique da Silveira e do deputado estadual Darci de Mattos, ouviu do Ministro da Aviação Civil, Wagner Bittencourt, que Joinville será o segundo município do país a receber o procedimento denominado de RNP AR (Performance de Navegação Exigida, com Autorização Requerida).

O ministro explicou que o RNP é um procedimento de aproximação e pouso, utilizado nas duas cabeceiras das pistas e baseado no uso de sinal via satélite. O Santos Dumont, no Rio de Janeiro, já está operando e o Aeroporto de Joinville será o segundo a receber este procedimento, no dia 4 de abril”, disse Bittencourt.

“Para nós joinvilenses, essa notícia é a solução para a questão da demora na instalação do ILS. A utilização do procedimento RNP significa que passaremos a poder operar voos com um teto de 95 metros, quando hoje, em Joinville, só é possível com 450 metros. A partir de maio o Aeroporto de Joinville vai operar de maneira muito mais eficiente. Sem dúvida, uma excelente notícia, que tivemos graças à proximidade do senador Luiz Henrique com o ministro”, comemorou Udo Döhler.

Além dessa boa notícia, o presidente da Infraero, Antonio Gustavo Matos do Vale, também presente no encontro, prometeu uma visita à Joinville para buscar soluções para a ampliação da pista de pouso.

“Sem dúvida é um resposta rápida e uma nova tecnologia que vai melhorar e muito a qualidade dos voos em Joinville”, comentou o senador Luiz Henrique. Uma realidade hoje que já acontece com as companhias Gol e Azul. A TAM está em processo de homologação.

Pin It

Comentários estão fechados.