Jaraguá do Sul – Produtores locais conhecem aspectos da ranicultura

Na manhã de segunda-feira, produtores rurais de Jaraguá do Sul assistiram a à palestra do médico veterinário da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), Paulo Osório, especialista em criação de rãs. A palestra ocorreu no auditório da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali) e foi para mostrar aspectos ligados à ranicultura que seria uma alternativa para 29 aviários que, segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Agricultura (Semag) estão ociosos com o fim da produção para a unidade jaraguaense da Seara.

De acordo com o diretor da Semag, Aricenir Canuto, destes produtores 12 demonstraram algum interesse na nova produção, mas apenas seis puderam comparecer à palestra desta segunda-feira. .”A questão dos custos para adequação do espaço para este tipo de criação assustaram um pouco os nossos produtores, mas após a palestra desta manhã muitos deles ficaram mais convencidos que o investimento pode valer a pena”, disse Canuto

Entre os fatores essenciais da produção da água está a adoção de um sistema de vazão de água de 30 mil litros/dias para os tanques do criadouro. “E não pode ser qualquer tipo de água. Tem que ser de poço artesiano ou vinda de nascente”, adiantou Canuto. Ele acrescenta que após adaptada toda a parte estrutural do criadouro em três ou quatro meses após o investimento inicial pode ficar entre R$ 3 mil a R$ 10 mil/mês.

Na próxima semana, a Semag pré-agendou uma visita às instalações da empresa Ranac, em Antonio Carlos, município da Grande Florianópolis. O grupo é referência nacional na criação de rãs para abate, industrialização e comercialização.

Representantes da própria Ranac estiveram reunidos no gabinete do prefeito de Jaraguá do Sul Dieter Janssen no último dia 23 para apresentar a proposta para implantação de criadouros de ranicultura, projeto que foi novamente colocado aos produtores que estiveram na Amvali. De acordo com Canuto, a empresa espera que pelo menos três destes produtores venham a aderir a esta nova proposta.

 

Créditos Foto: Divulgação/PMJS

Pin It
Você gostaria de comentar?