Ibirama registra um foco positivo de Aedes Aegypti

4

Nesta quarta (13) o município de Ibirama registrou um foco positivo da larva do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. O mesmo foi encontrado em um vaso de flores no Cemitério Católico do Distrito de Dalbérgia, local visitado pelas equipes que atuam nas frentes de prevenção. Segundo os Agentes de Combate à Endemias, neste ano de 2016, não houve nenhum caso confirmado de pessoa infectada pela dengue em Ibirama.

Uma ação conjunta da Secretaria Municipal de Saúde de Ibirama, profissionais das Estratégias da Saúde da Família – ESF, Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Endemias resulta no trabalho de verificação de possíveis novos focos em um raio de 300 metros próximos ao Cemitério Católico de Dalbérgia.

Segundo a Agente Creusa Schroeder, o último foco no município havia sido encontrado no mês de junho de 2013. “Agora os cuidados precisam ser redobrados e pedimos a colaboração da comunidade, afinal é dever de todos combater o mosquito Aedes Aegypti”, disse.

Ibirama possui 94 armadilhas e 78 pontos estratégicos, que são monitorados periodicamente pelos agentes. O objetivo é descobrir focos do mosquito, destruir e evitar a formação de criadouros e impedir a reprodução dos mesmos.

Um forte trabalho de orientação vem sendo realizado ao longo dos últimos meses. Diversas palestras já foram ministradas pelos Agentes de Combate à Endemias para estudantes, empresas ou grupos de idosos. Os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Endemias também visitam as residências da cidade para orientar a população. Banners informativos foram colocados em pontos estratégicos em todos os bairros para chamar a atenção da comunidade.

Os telefones da Secretaria Municipal de Saúde – 3357-8532 e 9727-5297, estão à disposição dos interessados em obter mais informações, agendar ações de orientações para grupos ou instituições e também para denunciar.

Sheyla Germano

Pin It
Você gostaria de comentar?