Governo do Estado assina contratos para obras de Assistência Social em 43 municípios catarinenses

florianopolis_-_governo_do_estado_assina_contratos_para_obras_em_assistencia_social_em_43_municipios_catarinenses_20171220_1512519123

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, assinou nesta quarta-feira, 20, contratos e ordens de serviço com 43 municípios catarinenses para construção de novos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializados em Assistência Social (Creas) e uma Unidade Pública de Acolhimento Institucional. Para a construção das unidades o Governo do Estado investiu R$ 15 milhões. O secretário de Estado do Planejamento, Murilo Flores também participou das assinaturas.

“Um equipamento desse faz e muito a diferença na vida dessas pessoas que geralmente estão em grau de vulnerabilidade extrema. Temos que partir para o enfrentamento, porque, em um jovem ou adolescente, uma abordagem correta desvia totalmente do raio da criminalidade, das drogas e passa a encaminhá-lo para o bem. Por isso, é de um valor imensurável e sem precedentes”, destacou o secretário Comin.

Serão 30 Cras instalados, sendo 12 do lote 2 nos municípios de Atalanta, Balneário Rincão, Irati, Itapema, Jupiá, Laurentino, Lontras, Modelo, Ponte Alta do Norte, São Bonifácio, Três Barras e Zortéa, e mais 18 do lote 3 em Agronômica, Armazém, Balneário Gaivota, Barra Velha, Biguaçu, Caibi, Imbuia, Iporã do Oeste, Ipumirim, Jardinópolis, Morro Grande, Nova Trento, Nova Veneza, Novo Horizonte, Porto Belo, Romelândia, Salete e Santa Cecília.

A prefeita de Salete, Solange Aparecida Bitencourt Schlichting, frisou a importância da construção do Cras no atendimento às famílias mais carentes. “Como a gente não tinha construção e sede própria da prefeitura, vai ser de grande importância porque vamos conseguir atender muitas famílias e têm pessoas muito carentes que precisam desse apoio e acesso”.

Os 12 Creas serão construídos nos municípios de Caçador, Calmon, Florianópolis, Catanduvas, Forquilhinha, Laguna, Monte Castelo, Morro da Fumaça, Navegantes, Ponte Serrada, São Miguel do Oeste e Schroeder.

Guaramirim, no Norte do Estado, recebe uma Unidade Pública de Acolhimento Institucional. Construída em 491 metros quadrados, seu objetivo é acolher as pessoas que tiveram seus vínculos familiares rompidos, sejam crianças, adolescentes ou idosos.

Creas são unidades onde são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados. Cada unidade tem 220 metros quadros.

Os Cras é responsável pela organização e pela oferta de serviços da proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social (Suas), nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios. O prédio é construído no padrão de 171 metros quadrados e contempla toda a mobília.

Todos os equipamentos são construídos dentro dos padrões exigidos de acessibilidade e espaço físico compatível com o trabalho social que é realizado.

Rafael Vieira de Araújo 

Pin It
Você gostaria de comentar?