Governador avalia as ações do Pacto Por SC na região de Rio do Sul

pacto_por_sc_-_prestando_contas_-_rio_do_sul_20131102_1538186913

O governador Raimundo Colombo apresentou, em Rio do Sul, na noite desta sexta-feira, 1º, a palestra  “Pacto por SC: prestando contas”.  A proposta é avaliar as ações realizadas desde janeiro de 2011 e em andamento ou previstas pelo programa Pacto por Santa Catarina em todas as regiões do Estado. “Esses encontros com as comunidades servem para fiscalizar o andamento das obras e ações, para não deixar que nada fique parado. Estamos promovendo um trabalho em conjunto, buscando a construção harmônica dessas ações. Assim teremos um Estado ainda melhor para se viver.”

Nos municípios de Rio do Sul, Trombudo Central, Agrolândia, Agronômica, Laurentino, Rio do Oeste, Braço do Trombudo, foram investidos pelo governo do Estado R$ 250 milhões. Dos recursos, R$ 61,9 milhões foram aplicados em obras já concluídas, R$ 45,5 milhões em projetos em andamento e R$ 142,6 milhões já programados para obras a serem iniciadas.

Na região de Rio do Sul, a área que mais recebeu investimentos foi a Defesa Civil: R$ 89,3 milhões. Parte dos recursos está sendo aplicada na instalação do radar meteorológico, que entrará em funcionamento em 2014. O equipamento está sendo instalado em Lontras, ponto estratégico para o monitoramento de sistemas meteorológicos, tais como frentes frias, ventanias, chuvas, granizo e todos os eventos naturais ligados à meteorologia.  O equipamento vai atender 190 municípios num raio de 200 quilômetros, o que corresponde a 77% do Estado. As regiões atendidas serão: Planalto Litoral Norte; Vale do Itajaí; Grande Florianópolis, parte do Litoral Sul, Serra, e parte do Meio Oeste.

“Com o aparelho as tempestades podem ser detectadas com até três horas de antecedência. Assim os moradores de áreas de risco vão ter mais tempo para se preparar ou deixar locais de risco”, explicou o governador.

Ainda na Defesa Civil na região de Rio do Sul, estão sendo feitas a sobrelevação das barragens de Taió e Ituporanga, medidas de prevenção e escorregamentos em rodovias; obras de melhoramentos no canal do Rio Taió (3,7km), estudos ambientais e projetos no canal em Rio do Sul (8,2km, construção de sete barragens de pequeno porte no Alto Vale (três estão em andamento e para as outras quatro foi entregue a ordem de serviço para a execução dos projetos).

No Saneamento Básico, estão sendo investidos R$ 78,4 milhões, na implantação de esgotamento sanitário de Rio Sul e melhorias na rede pluvial.  Para a Infraestrutura, foram destinados R$ 29,9 milhões, aplicados na pavimentação, revitalização de ruas, manutenção de estradas vicinais, construção de pontes, como é o caso da ponte entre os bairros Pamplona e Barragem.

Apesar da maior soma de recursos estar concentrado em obras da Defesa Civil, outras áreas estão recebendo investimentos significativos, como por exemplo: a Educação, que recebeu R$ 17,6 milhões, para reformas de escolas, como a EEB Alfredo Dalfovo e Paulo Zimmermann, em Rio do Sul, além de outras melhorias nas unidades da região.

Na Energia, foram aplicados R$ 7,8 milhões; Agricultura e Pesca, R$ 5,7 milhões; Saúde R$ 5,1 milhões; Assistência Social R$ 3,6 milhões; Turismo, Cultura e Esporte R$ 1,5 milhão; Justiça e Cidadania R$ 1,5 milhão; na Segurança Pública R$ 1,1 milhão; e no Desenvolvimento Tecnológico R$  601 mil. Pelo Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam), serão mais R$ 10,3 milhões.

Investimento nos municípios
Rio do Sul – R$ 219,8 milhões
Trombudo Central – R$ 6,3 milhões
Agrolândia – R$ 5 milhões
Agronômica – R$ 3,6 milhões
Laurentino – R$ 3 milhões
Rio do Oeste – R$ 2,9 milhões
Braço do Trombudo – R$ 1,5 milhões
Investimentos regionais – R$ 7, 9 milhões

Outros investimentos na região
Ainda nesta sexta-feira, o governador Raimundo Colombo anunciou mais R$ 17 milhões em investimentos para as cidades da região de Rio do Sul. Os convênios foram assinados durante a noite, pouco antes da palestra.

Pin It
Você gostaria de comentar?