Frigorífico Riosulense faz homenagem para as mães

Café - mães (3)

Uma tradição que já dura décadas e que é esperada como um dos principais eventos do ano. A homenagem em comemoração ao Dia das Mães reuniu cerca de 150 pessoas na tarde do sábado (4) no Frigorífico Riosulense. Com a presença de funcionárias, membros da diretoria e da Associação Recreativa, Cultural e Esportiva Pamplona, a confraternização realizada na sede da entidade teve bingo e café para homenagear as mães colaboradoras do da empresa, que no dia 3 de maio comemorou 65 anos de fundação.

O encontro é uma forma também de reforçar a integração entre os funcionários. Trabalhadora da lavanderia do frigorífico, onde passam mais de uma tonelada de roupas diariamente, Maria Moik tem 51 anos, dez dos quais dedicados ao trabalho na empresa riossulense. Ela valoriza o trabalho que realiza e que aprendeu ao longo da vida de mãe de dois filhos e avó da netinha Mirela. “Meu trabalho é lavar as roupas, passar e até mesmo quando precisa, costurar os uniformes. Confunde-se um pouco com a função que uma mãe realiza em casa, mas eu adoro isso”, explicou.

O mesmo sentimento de dedicação ao trabalho tem a gerente departamento de Tecnologia da Informação do Frigorífico Riosulene, Rosane Lippel. Desde os 20 anos dedicada à empresa, a funcionária que hoje tem 45, ressalta o carinho que ela e as companheiras tem com o trabalho. “Agradeço a Deus e valorizo cada dia de serviço e crescimento profissional. Levo isso para meus filhos e quero que eles aprendam que nosso esforço tem sempre uma grande recompensa”.

Membro do conselho geral da empresa  e gerente da fábrica de ração em Laurentino, Edina Pamplona comemora o fato das mulheres que fazem parte da empresa apreciarem tanto o evento em comemoração ao Dia das Mães. “É a festa mais aguardada do ano e ficamos muito felizes de ter uma participação tão grande”. Ela ressalta que hoje o frigorífico tem praticamente 52% de seu quadro de funcionários formado por mulheres, e que há uma atenção especial com as mães com atividades diferenciadas como creche, horário de descanso, campanha de incentivo ao aleitamento materno e entrega de presentes.

Já a gerente da unidade de Itajaí, Daurete Pamplona Rizzi salientou a relação entre o os principais produtos do frigorífico e a interação entre as mulheres. “Nós trabalhamos com o setor de alimentos e o destino final dos nossos produtos é o consumidor em sua casa. O preparo passa pelas mãos das mulheres, que sabem muito bem o que precisam quando se fala em qualidade e praticidade”, destacou.

Café - mães (1)

Pin It
Você gostaria de comentar?