Forte terremoto na Itália deixou ao menos 21 mortos, dizem autoridades locais

0de0vvl6iw2asthlom9oj4ei0

O terremoto de magnitude 6,2 que atingiu a região central da Itália na madrugada desta quarta-feira (horário local) matou ao menos 21 pessoas e deixou muitas outras soterradas sob os escombros de prédios que desabaram. O tremor ocorreu às 3h36 (pelo horário local) e foi sentido na maior parte da região central do país, inclusive na capital, Roma.

Uma rádio estatal disse que as pessoas correram para as ruas nas regiões centrais de Úmbria e Le Marche um pouco após o terremoto. Segundo os primeiros relatos, as cidades italianas mais atingidas foram Amatrice, Accumoli e Norcia.

Um porta-voz da Agência de Proteção Civil da Itália confirmou que o abalo deixou mortos e feridos, mas ressaltou que ainda não há uma contagem oficial das vítimas. Ele acrescentou que operações de resgate estão em andamento, com a participação de militares.

No entanto, autoridades locais das áreas atingidas disseram que há pelo menos 21 mortos e que várias outras pessoas se feriram ou estão desaparecidas.

As cidades de Amatrice e Accumoli ficam a cerca de 90 quilômetros da capital italiana. O centro de Amatrice foi devastado pelo terremoto, deixando pessoas presas sob os escombros.

“A cidade não está mais aqui”, afirmou Sergio Pirozzi, prefeito de Amatrice. Residentes de cidades na região central do país, inclusive Roma, sentiram o tremor, seguido por abalos secundários.

Já em Accumoli, o prefeito Stefano Petrucci relatou, ao menos, seis mortes foram confirmadas.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) estima que o terremoto teve magnitude 6,2 e que seu epicentro foi em Norcia, cerca de 170 quilômetros a nordeste de Roma. Já o Centro Sismológico Europeu do Mediterrâneo calculou a magnitude do tremor em 6,1.

Fonte: Último Segundo 

Pin It
Você gostaria de comentar?