Excesso de Facebook no Natal deixa pessoas deprimidas, diz pesquisa

_93075655_a70586b3-eee8-4b48-bdb4-8713af0f9798

O estudo, realizado pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, sugere que o uso excessivo das redes sociais pode desencadear sentimentos de inveja.

A pesquisa alerta, principalmente, para o efeito negativo de ficar bisbilhotando a vida dos outros sem manter relações de amizade com ninguém.

O estudo, que entrevistou mais de 1,3 mil pessoas, a maioria mulheres, diz que o “uso regular de redes sociais como o Facebook pode afetar negativamente o seu bem-estar emocional e sua satisfação com a vida”.

‘Comparações irreais’

Os pesquisadores alertam para a inveja e a “deterioração do humor” ao passar longos períodos bisbilhotando o que os outros estão fazendo nas redes sociais, um comportamento que leva a “comparações irreais”.

Engajar-se ativamente em uma conversa e envolver-se com pessoas nas redes sociais foram descritas como experiências “muito mais positivas”, indica o estudo, publicado na revista científica Cyberpsychology, Behaviour and Social Networking.

Outra forma para melhorar o bem-estar, diz o estudo, é abdicar das redes sociais por uma semana.

BBC Brasil

Pin It
Você gostaria de comentar?