Escolas estaduais da Regional de Ibirama vão ganhar kits preventivos contra incêndio

foto extintor Helena Marquardt ADR Ibirama

As escolas estaduais que fazem parte da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama vão receber nos próximos dias novos kits preventivos de combate a incêndio. A medida visa garantir mais segurança para estudantes e profissionais da educação e adequar às instituições a Instrução Normativa 005 do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina.

Ao todo o Governo do estado ofereceu quatro opções de kits que contemplavam itens como extintores de incêndio com CO2, extintores de incêndio com pó químico seco, iluminação de emergência, cabos de cobre para isolamento antichama, tomadas, placas de sinalização, eletrodutos entre outros componentes necessários para um sistema vital de prevenção contra incêndio.

Os kits, de quatro modelos diferentes da necessidade de cada unidade, serão entregues diretamente nas escolas. O recurso para a compra foi obtido através de um Termo de Compromisso com o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE). Ao todo serão 888 unidades escolares contempladas em todo o estado e o investimento é de R$ 12,2 milhões.

O gerente de Educação da ADR de Ibirama, Nilo Poffo, destaca que esta é uma necessidade das escolas da Rede Estadual de Ensino que está sendo atendida pela Secretaria da Educação. “Hoje a maioria das escolas, não contam com esses itens ou tinham extintores vencidos e quando todos esses sistemas estiverem instalados com certeza elas estarão mais seguras caso ocorra qualquer princípio de incêndio. Além disso, a nossa intenção numa próxima etapa é formar brigadas contra incêndio em cada escola.”

A Escola de Educação Básica Cecília Bertha Hildegard Cardoso, de Lontras, que atende 190 alunos, será uma das contempladas na Regional de Ibirama e segundo a diretora, Eliassi Agdila Jacobsen Correa, a unidade até conta com alguns equipamentos preventivos, mas que estão velhos e até danificados. “Temos extintores que ficaram algum tempo vencidos e mangueiras, mas muitas estão rachadas e tem até vazamentos, então esses kits serão muito bons, porque se acontecer algum imprevisto estaremos preparados”, ressaltou.

 

Helena Marquardt

Pin It
Você gostaria de comentar?