Escola de Presidente Getúlio oferece roda de conversa para orientar estudantes na escolha da profissão

WhatsApp Image 2017-07-10 at 14.50.31

A escolha da profissão é uma das decisões mais difíceis da vida para os jovens e adolescentes e pensando em ajudar nesse processo, uma escola estadual de Presidente Getúlio resolveu investir no diálogo através de um projeto diferenciado. O Roda de Conversa leva até a unidade diversos profissionais que contam um pouco de sua experiência e esclarecem dúvidas dos estudantes.

A iniciativa inédita na região vem da Escola de Educação Básica Cecília Ax e ao todo os alunos participam de 24 palestras com profissionais. O diretor, Tanair Hawerot, explica que os encontros acontecem periodicamente nos três anos do Ensino Médio e têm sido fundamentais para levar mais informações aos estudantes sobre diversas opções de cursos e carreiras que eles podem seguir no futuro. “Nas palestras nossos convidados falam sobre diversos temas como matriz curricular, formação universitária, área de atuação e até mercado de trabalho”, completa.

Ele conta ainda que para escolher os convidados, a direção procura convidar profissionais de própria comunidade, como pais e ex-alunos, que atuam nas mais diversas áreas e também acabam servindo de inspiração para os estudantes. “Ao final de cada Roda de Conversa, os estudantes realizam uma produção textual dentro de uma metodologia específica, relatando os pontos que mais lhe chamaram atenção. Através desta produção textual, o estudante é avaliado em todas as áreas do conhecimento, contribuindo assim, para o seu desenvolvimento global.”

Ajuda decisiva para escolher a carreira

A estudante Thainara Carolina Gilli, de 17 anos, que está no terceiro ano do Ensino Médio comenta que já participou de várias palestras e adora o projeto. “É maravilhoso porque através dele temos contato com profissionais que nos ajudam muito na hora de escolher a profissão. Na parte de escrita também evoluímos muito com essa prática e vemos que a diferença é muito grande.”

Questionada sobre a profissão que vai seguir ela ressalta que pretende cursar ciências contábeis, mas não descarta outras opções. “Já tivemos palestra com um contador e adorei, quando ele falou vi que aquilo era pra mim e gostaria de seguir essa profissão”, finalizou.

O fisioterapeuta Diego Alonso Canhetti Postigo da Silveira, foi um dos profissionais que conversou com os alunos e destaca que achou a ideia bastante interessante e por isso resolveu participar. “Como a gente decide muito cedo o que vai ser para o resto da vida, é importante diminuir a margem de erro e saber o que você gosta e o que não gosta e esse encontro vem bem de encontro a isso”, afirmou.

Helena Marquardt

Foto: Tanair Hawerot/ADR Ibirama

Pin It
Você gostaria de comentar?