Descarte correto de medicamentos é incentivado em Rio do Sul

IMG_5595

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, assinou na manhã desta quinta-feira (4), o protocolo de cooperação entre o executivo municipal e o Lions Clube Bela Aliança de Rio do Sul para o programa Remédio é Coisa Séria, que orienta a população sobre o descarte adequado de remédios sem uso ou vencidos. O ato contou com a presença de representantes do Lions Clube e também da secretária de saúde, Sueli de Oliveira e da farmacêutica que lidera a campanha, Paola Sofka.

O objetivo principal é orientar e estimular a população de Rio do Sul a fazer o descarte correto de medicamentos com distribuição de panfletos orientativos. No sábado (6), a equipe estará na Praça Ermembergo Pellizzetti divulgando mais detalhes da campanha.

Criado em 2016, o programa já atingiu um resultado positivo, pois foram entregues 376 quilos de medicamentos nas unidades de saúde para descarte. “Este material certamente iria para o lixo comum, que é um destino impróprio”, como explica a secretária de Saúde, Sueli de Oliveira. “O descarte de remédios de forma inadequada acaba poluindo o meio ambiente e temos que criar hábitos para nossa população de levar esses itens nos pontos de coleta que existem no município”, ressaltou o prefeito Thomé.

São pelo menos 20 locais que recebem medicamentos vencidos ou sem uso, para que seja dada a destinação correta. Entre eles estão as Estratégias de Saúde da Família (ESF) dos bairros, o Centro de Atendimento a Mulher (CAM), o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), a Farmácia Popular, a Policlínica de Referência Regional, o Centro de Testagem a Aconselhamento (CTA) e o prédio central da Prefeitura.

Além de atentar para o descarte correto de medicamentos, a campanha Remédio é Coisa Séria alerta para os riscos da automedicação e intoxicação. E ainda busca instruir sobre a forma mais adequada de armazenamento. “As pessoas precisam estar cientes dos riscos do uso indevido de medicamentos e nós queremos atuar com intensidade na parte da prevenção”, conclui Sueli.

Clóvis Eduardo Cuco
Pin It
Você gostaria de comentar?