Deputado Aldo quer que Agricultores tenham placas de energia solar em suas propriedades.

Está tramitando na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC) um Projeto de Lei (PL) de autoria do Vice-presidente Deputado Estadual Aldo Schneider (PMDB) que destina aos agricultores do Estado recursos para aquisição de placas de energia solar.

São recursos financeiros vindos das Centrais Elétricas de Santa Catarina (CELESC) que já destina 1  0% do faturamento para o Programa de Eficiência Energética nas unidades consumidoras do estado. O objetivo do programa é promover o uso eficiente e racional de energia em todos os setores da economia por meio de projetos que demonstrem a importância e a viabilidade econômica de ações de combate ao desperdício e de melhoria da eficiência energética de equipamentos, processo e usos finais de energia,

A ideia seria reduzir  custos do agricultor na propriedade rural. Para o Deputado Aldo a principal vantagem deste sistema é que a energia solar é renovável. “A primeira e principal vantagem da energia solar é que ela é renovável, pois o calor do sol ainda permanecerá ativo durante alguns bilhões de anos. Assim, toda produção de energia que conte com a utilização da radiação solar não terá preocupações quanto à sua finitude, ao contrário do que ocorre com outras fontes.” Comentou o Deputado.

Além disso, a produção não se esgota, uma vez que depende apenas de exposição solar, que uma vez produzida, também poderá ser utilizada em todo o núcleo rural: casas, depósitos, ranchos, levando para o agricultor grande economia e maior rendimento financeiro de sua propriedade.

Além da economia na conta de luz o Agricultor vai contribuir ainda mais para a preservação do meio ambiente.

O projeto de lei já foi protocolado na ALESC e agora vai tramitar nas Comissões de Constituição e Justiça, Finanças e Tributação, Economia para depois ser levado para o plenário e votado pelos Deputados Estaduais.

Ramiro Fernandes

Pin It
Você gostaria de comentar?