Defesa Civil SC participa da VII Conferência Brasileira de Encostas

Cobrae 4 de novembro

A secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina participará da VII edição da Conferência Brasileira sobre estabilidade de Encostas (Cobrae). O evento ocorre na próxima semana entre os dias 2 a 4 de novembro, em Florianópolis, no Centro de Eventos Costão do Santinho. O encontro é promovido pela Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica – Núcleo PR e SC.

Realizado pela primeira vez em Santa Catarina, o workshop contará com palestras, minicursos, atividades em campo e concurso para estudantes. A Conferência visa discutir os aspectos teóricos, práticos e legais relacionados a projetos, gestão e obras geotécnicas de estabilização de encostas naturais e de contenção de taludes.

Entre os temas que os palestrantes irão abordar, destaque para o desastre de 2008 em Santa Catarina, no Morro do Baú. O evento também contará com a palestra do secretário adjunto da Defesa Civil SC, Fabiano de Souza, que irá falar sobre a secretaria e os Desafios para a Redução dos Riscos de Desastres em Santa Catarina. O workshop ainda terá a presença do palestrante da Itália Luciano Picarelli, um dos grandes nomes de geotecnia internacional.

As inscrições para as palestras e minicursos podem ser realizadas por meio do site cobrae2017.com.br . O preço varia entre R$320,00 para estudantes e R$ 650,00 para profissional sócio da ABGE/IGS. No local também poderá ser feita a inscrição.

A comunidade em geral terá a oportunidade de participar de um minicurso gratuito. Intitulado Mobilização Comunitária e Educação para a Redução de Riscos Associados a Deslizamentos, o minicurso será ministrado por especialistas da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, no sábado, 4 de novembro. O propósito é prevenir a população para se precaver diante de emergências naturais a fim de minimizar os impactos destas ocorrências. As inscrições também podem ser feitas pelo site.

No total, serão 12 palestras que irão abordar temas técnicos de rotina, análise e estudo de taludes e encostas, relativos à normatização, novos instrumentos, regimes de contratação de obras e atuação de profissionais diante de emergências e desastres geotécnicos. Já os minicursos são seis, que começam na próxima quarta-feira, 1. Confira a programação completa no site cobrae2017.com.br .

Exposição paralela

Além da participação de cerca de 500 profissionais e acadêmicos, o evento prevê uma exposição paralela com mais de 13 expositores do Brasil e do exterior. Empresas de projeto, execução, investigação, instrumentação e automação de leituras e de produtos para a contenção e estabilidade de encostas estarão reunidas no espaço anexo ao evento. Haverá representantes de multinacionais de Portugal, Japão e Canadá com sedes no Brasil.

Concurso para acadêmicos

A COBRAE ainda irá promover uma atividade para acadêmicos da área de geotencia. O Desafio de Taludes é realizado pelo Grupo de Estudos em Geotecnia e o Programa de Educação Tutorial (PET) da Engenharia Civil da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Os futuros profissionais da área de geotecnia brasileira terão a oportunidade de testar na prática seus conhecimentos sobre deslizamentos de encostas. A competição premiará os três melhores modelos em pequena escala de contenções em Terra Armada, visando atender a critérios como carga de projeto e economia de tempo e material. O Desafio acontecerá no dia 1º de novembro, data que antecede o evento.

Já os minicursos específicos serão um momento para profissionais e estudantes das áreas de geotecnia, geologia e engenharia civil impulsionarem seus conhecimentos. Haverá cinco opções de cursos, que também acontecerão no dia 01 de novembro. Outra ação importante é o e-pôster challenge. Os autores com artigos acadêmicos selecionados para apresentação em qualquer modalidade poderão participar. A iniciativa premiará trabalhos divulgados em formato de pôster no aplicativo ABMS Eventos, junto a um pequeno vídeo do autor.

Pin It
Você gostaria de comentar?