Defesa Civil de Rio do Sul vai ganhar gerador de energia elétrica

Foto Início Obra- 23 10 2017

Foi iniciada nesta segunda-feira (23), a obra de instalação de um gerador de energia elétrica para a sede da Defesa Civil de Rio do Sul, no bairro Progresso. O equipamento, movido a diesel, servirá como uma garantia de fornecimento em situações emergenciais, principalmente em momentos onde o órgão trabalha em módulo de emergência, 24 horas por dia, durante eventos adversos.

O objetivo é manter de forma ininterrupta todas as atividades da Defesa Civil, inclusive em situações de desastres. Na Defesa Civil, está a sala de situação, onde a equipe pode fazer contato via rádio amador com a parte operacional das barragens da região, a Defesa Civil de Santa Catarina e também demais órgãos de segurança como polícias e bombeiros. Também é lá que funciona a central de atendimento do telefone de emergência 199, além de sistemas informatizados para alimentação do site oficial da Defesa Civil e comunicação em geral com a população.

Outras informações imprescindíveis para o trabalho da Defesa Civil também necessitam de fornecimento ininterrupto de energia elétrica, como o monitoramento remoto das réguas linimétricas que medem o nível de inundação do Rio Itajaí Açu e Itajaí do Sul, instaladas, respectivamente, junto as Pontes Dom Tito Buss e Hannelore Hartmann Eyng, monitoramento remoto do sistema de pluviômetros automáticos instalados em Rio do Sul e nos demais municípios a montante.

Para custear o equipamento e instalação, a Defesa Civil apresentou um projeto ao poder judiciário. O juiz da vara criminal, Claudio Marcio Areco Júnior assegurou o repasse de R$ 64.435,00, não gerando custos para o município. Está incluso no preço final os acessórios necessários, a instalação elétrica industrial com o fornecimento inclusive do cabeamento e a construção da base em concreto para alocação do gerador.

O diretor da Defesa Civil, Moacir Cordeiro afirma que a obra poderá ficar pronta até o fim da próxima semana, podendo assim entrar em funcionamento assim que necessário. “É um equipamento primordial para nosso trabalho, garantindo fornecimento de energia elétrica em momentos de grande necessidade para o trabalho da Defesa Civil”, observa.

Clóvis Eduardo Cuco

 

Pin It
Você gostaria de comentar?