Defesa Civil de Rio do Sul contará com câmera para monitoramento do nível do rio

Câmera de monitoramento do rio

A Defesa Civil de Rio do Sul contará com mais uma ferramenta para o monitoramento do nível do rio Itajaí-Açú na cidade. Uma câmera tridimensional foi instalada na parte de baixo do Elevado Deputado José Thomé e está apontada para uma pilastra onde serão demarcados os graus de criticidade da altura das águas, identificados por cores. As imagens também ficarão a disposição da população ao vivo no portal da Defesa Civil.

O novo equipamento foi adquirido com recursos do Fundo Municipal de Proteção e Defesa Civil e custou R$ 7 mil. O coordenador do órgão, Moacir Cordeiro, conta que esta é a primeira câmera instalada na cidade com a finalidade de monitorar o rio. “Ela possui uma capacidade de alcance de 1.500 metros e um infravermelho capaz de identificar elementos a até 100 metros de distância”, detalha.

A transmissão ao vivo das imagens pela internet deve iniciar após a pintura da pilastra do elevado. Cordeiro explica que cada cor irá representar um estado diferente de criticidade: verde – observação, amarelo – atenção, laranja – alerta, vermelho – emergência. “As cores servirão para a fácil compreensão da população sobre a situação do nível do rio, tanto para quem circular pelo Parque Harry Hobus, quanto para quem conferir as imagens no portal da Defesa Civil”.

A ideia é que as cores se misturem no ponto em que mudam de tonalidade, criando um efeito degradê. Para realizar a pintura, a Defesa Civil busca parceiros na iniciativa privada, já que o local precisará de manutenção permanente. A expectativa é que tudo fique pronto até o fim do mês.

O prefeito José Thomé comemora a aquisição do novo equipamento de monitoramento e lembra que a câmera também irá melhorar a segurança dos transeuntes do Parque Harry Hobus. “A Guarda Municipal terá acesso às imagens, e como a câmera filma num ângulo de 360 graus, boa parte do parque estará coberta, garantindo mais tranquilidade para quem frequenta o local”, enfatiza.

Sindréia Nunes

Pin It
Você gostaria de comentar?