Criciúma – Redes de supermercados aderem ao SIM

Todas as grandes redes de supermercados de Criciúma possuem pedidos encaminhados para obter registro junto ao Sistema de Inspeção Municipal (SIM). Nomes como Bistek, Giassi, Angeloni, Manenti e Martins fazem parte da lista dos que aguardam o processo de liberação do selo.

A informação é do médico veterinário Saulo Da Boit Goulart. Somente no ano passado, nove empresas pediram o registro pelo Município, parte deles acabou abandonando o Sistema de Inspeção Estadual (SIE). “Alguns ainda precisam aprovar rótulos, aguardar entrega dos materiais ou também aguardar processo de aprovação que está em andamento”, pontuou o veterinário.

Ele explica que o fator atrativo destas grandes empresas para o Sistema de Inspeção Municipal (SIM) pode ter sido o fato de que o Municípo de Criciúma implantou o serviço na cidade e oferece sem a cobrança de taxas o trabalho de um veterinário para os frequentes acompanhamentos das atividades. “O acesso é mais fácil, tudo é feito mais rápido e eles precisam abastecer as lojas da cidade que possuem grande rotatividade dos produtos de origem animal”, explica Saulo.

O médico veterinário conta que além das redes de supermercados aderiram ao SIM, dois entrepostos de carnes e fábricas de hambúrgueres, o Supermercado Lisandra (já com SIM instalado), Mercado Marcon e Mercado Verdinho (com pedidos do SIM), além de um entreposto de pescado, um entreposto de ovos e um fábrica de conserva de ovos.

A função principal deste serviço é zelar pela saúde pública das pessoas, por meio da inspeção dos produtos de origem animal. De acordo com o médico veterinário, para que as melhorias ocorressem, algumas reuniões foram realizadas pela Gerência de Agricultura do Município, para que os produtores pudessem expor suas necessidades. “A Lei nº 5.807 e o Decreto SG/nº377/11 passou por uma regulamentação, por meio do trabalho do nosso Gerente Salomão Roman da Silveira que tratou de alguns detalhes que precisavam de mudanças”, lembra Goularte. Para ele, vale esclarecer que os produtos inspecionados pelo (S.I.M.) podem ser comercializados exclusivamente no município de origem.

Pin It

Comentários estão fechados.