Criciúma – CCZ já registra mais de 1,5 mil animais tratados

Dentro de pouco mais de um ano de funcionamento, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Criciúma já contabiliza o tratamento de mais de 1,5 mil cães e gatos que foram encontrados e retirados das ruas da cidade. Alguns deles, quando necessário, passaram por um processo de castração.

O local destinado para o tratamento de doenças dos animais ainda é confundido muitas vezes pela população com abrigo para animais abandonados. A informação é da coordenadora Bruna Maffei.

Segundo ela, depois de devidamente medicados e alimentados, os animais ficam a disposição da população para adoção. “Nós podemos devolver para os locais de origem, mas o nosso principal objetivo é que esses animais sejam adotados, afinal, eles também são seres vivos e merecem um tratamento digno”, conta Bruna.

Quando o assunto é a castração, a coordenadora conta que se trata de um ato necessário para garantir o controle da população animal. Até o momento, o CCZ abriga 40 animais já medicados e prontos para serem adotados. Interessados podem entrar em contato com os profissionais pelo telefone (48) 3445-8729.

Conforme a coordenadora, para levar o animal para casa é necessário ser maior de 18 anos, apresentar um comprovante de residência, cópia da carteira de identidade e CPF. “Nós buscamos conscientizar as pessoas de que abandonar animais é proibido pela Lei Federal nº 9.605/98, e buscamos doadores com frequência”, disse ela.

Pin It

Comentários estão fechados.