Confirmada morte por H1N1 de morador de Rio do Sul

Um homem de 62 anos, morador da cidade de Rio do Sul e que estava internado desde o dia 24 de maio em um hospital de Blumenau, morreu na sexta-feira vítima de gripe A.

A morte, apesar de ter ocorrido na cidade, é registrada no local de residência da vítima, informa a Vigilância Epidemiológica de Blumenau. O resultado do exame foi confirmado na manhã desta segunda-feira pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) de Florianópolis.

Outro homem com suspeita de gripe A também morreu na sexta-feira em Blumenau, mas a Vigilância ainda aguarda o resultado do exame para confirmar a causa da morte. O homem de 63 anos estava internado desde o dia 16 de maio, não havia tomado a vacina e era morador da Vila Itoupava.

Em Blumenau há 32 casos suspeitos de gripe A aguardando resultados dos exames. Somente neste ano, a cidade registrou 53 casos de H1N1, incluindo os seis óbitos. As duas primeiras mortes por H1N1 em Blumenau foram confirmadas no dia 27 de março. A primeira foi uma mulher de 52 anos, moradora da Velha, que morreu na tarde do dia 25 de março. O segundo caso fatal foi de um homem de 42 anos, morador do Progresso, morto no dia 26.

A terceira vítima da gripe A foi uma senhora de 60 anos que morava no Boa Vista, mas estava internada em Brusque por falta de leitos de UTI em Blumenau e morreu no dia 1º de abril. A quarta morte foi de um homem de 73 anos, morador da Ponta Aguda, que ficou cerca de uma semana internado. A quinta vítima, uma mulher de 32 anos, morreu em 19 de abril e a sexta morte por gripe A em Blumenau foi registrada no dia 12 de maio, o homem tinha 53 anos.

Jornal de Santa Catarina 

Pin It
Você gostaria de comentar?