Chapecó – Asfalto do acesso ao Distrito Industrial está concluído

Os trabalhos agora se concentram na construção do trevo que liga o acesso à SC 480, paisagismo, iluminação, sinalização e asfaltamento de parte das vias internas.  A extensão de todo o trajeto pavimentado, entre acesso e vias internas, soma quatro kms. O investimento é de R$ 8 milhões, recursos próprios, financiados com o Fonplata – Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata.

A inauguração da obra está prevista para o dia 05 de abril. O evento faz parte da programação que vai marcar a passagem dos 100 dias de governo. “Esta é uma ação fundamental para promover o desenvolvimento e a expansão da capacidade produtiva de Chapecó. A obra compreende os serviços de drenagem, canalização, terraplanagem, alargamento, sinalização e o asfaltamento das vias”, destaca o prefeito de Chapecó, José Caramori.

O asfalto do acesso ao Distrito Industrial também dá início a obra do futuro Contorno Viário Leste, que vai passar pela via, ligando a SC 480 ao acesso Plínio Arlindo De Nes, próximo ao Bairro Belvedere. “Por isso não é um asfalto comum. Tem toda uma estrutura para suportar a movimentação intensa de caminhões pesados”, declara o secretário de Serviços Urbanos e Infra Estrutura, Jayme Luiz Bordignon.

Na última semana, o prefeito José Caramori, acompanhado por uma equipe técnica visitou as obras. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Américo do Nascimento Júnior, o governo municipal está confiante que em menos de 60 dias estará entregando mais esta obra à população. É uma estrutura de logística para oferecer comodidade, agilidade, facilidade de transporte e diminuição de custos.

 

Situação Atual

 

Hoje o Distrito Industrial possui 13 empresas instaladas e 18 em fase de implantação. A área total do Distrito é de 484 mil metros quadrados. Para asfaltar 100% das vias internas o município ainda vai utilizar recursos próprios. As áreas industriais são licitadas por meio de edital de concorrência na modalidade de melhor proposta técnica. O processo é analisado e deliberado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CMDE) e pela Câmara de Vereadores.

Pin It

Comentários estão fechados.