Boletim sobre situação da Dengue, Febre de Chikungunya e Zika Vírus em SC é divulgado

dengue_20150310_1953904357

O número de focos do mosquito Aedes aegypti aumentou em 38,9% quando comparado ao mesmo período de 2016. De 1º de janeiro a 16 de setembro de 2017, foram identificados 8.658 focos do mosquito Aedes aegypti, em 139 municípios. Neste mesmo período em 2016, haviam sido identificados 6.233 focos em 132 municípios. Os dados estão no boletim divulgado nesta sexta-feira, 22, pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC). O documento apresenta a situação epidemiológica da Dengue, Febre de Chikungunya e Zika Vírus, com dados até a Semana Epidemiológica (SE) n°37.

>>> O boletim completo está disponível neste link

Em relação à situação entomológica, até a SE nº 37/2017 já são 61 municípios considerados infestados,o que representa um incremento de 22% em relação ao mesmo período de 2016, que registrou 50 municípios nessa condição.

A definição de infestação é realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.
Letícia Wilson e Patrícia Pozzo

Pin It
Você gostaria de comentar?