Aneel autoriza reajustes de energia para Santa Catarina e Pará

size_590_energia-eletrica-590

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (30) o reajuste tarifário das empresas Celesc Distribuição e Iguaçu Distribuidora de Energia Elétrica (Ienergia), em Santa Catarina, e Jari Celulose, Papel e Embalagens, no Pará. As novas tarifas entrarão em vigor no dia 7 de agosto.

Para a Celesc, que atende a 2,5 milhões de unidades consumidoras localizadas em 260 municípios de Santa Catarina e um do Paraná, o aumento será 12,9% para as residências e 14,07% para as indústrias.

Os consumidores residenciais atendidos pela Ienergia terão reajuste de 5,87% e os industriais, de 10,01%. A distribuidora atende a 33 mil unidades consumidoras localizadas nos municípios catarinenses de Xanxerê, Xaxim, Marema, Entre Rios, Bom Jesus e Lageado Grande.

A empresa Jari teve aprovado um reajuste de 2,55% para todas as categorias de consumidores. A Jari é um produtor independente de energia, com autorização para atender a 2,9 mil unidades localizadas nas localidades próximas à fábrica de celulose de sua propriedade: distrito de Monte Dourado e vilas de Munguba, Planalto e São Miguel, pertencentes ao município de Almeirim, no estado do Pará.

O reajuste é anual e calculado de acordo com a variação de custos que a empresa teve no decorrer do período. A fórmula de cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição, sobre os quais incide o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) e o fator que subtrai os ganhos de produtividade e outros custos como energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Pin It
Você gostaria de comentar?