Agricultor de Ibirama implantou uma pequena agroindústria de conservas

IMG_0889

Vilfrido Von Zeschau, a esposa Nilsa e o filho Laerte, agora estão entusiasmados, após realizarem o sonho de colocar no mercado a marca de produtos em conserva “Von Zeschau”, onde oferecem a palmeira real, o palmito pupunha, o pepino, beterraba, cenoura, couve-flor, cebolinha, picles e vagem.

A pequena agroindústria de conservas, situada em Rafael Alto, município de Ibirama, surgiu após uma vistoria do ICM-Bio, Polícia Ambiental e Vigilância Sanitária, onde o agricultor foi multado e ainda hoje responde a 5 processos, em função de que não estava adequado à legislação em vigor.

Com a assessoria de Rosdalva Schroeder, da Vigilância Sanitária da Gerência de Saúde da 14ª Agência de Desenvolvimento Regional – ADR Ibirama, que acompanhou toda a construção, a família investiu mais de R$ 250 mil na agroindústria, que agora já fornece os produtos aos mercados de toda a região. Ele destaca que Rosdalva sempre falou que “queria tudo certinho”.

Para o secretário executivo da ADR Ibirama, José Adalcio Krieger, a assessoria da Vigilância Sanitária foi de grande importância para a concretização da agroindústria, onde o Governo do Estado é parceiro de iniciativas ao mesmo tempo em que assegura a qualidade dos produtos.

Desenvolvimento – A iniciativa demonstra a importância do poder público como indutor do desenvolvimento, assessorando os empreendedores a concretizarem seus sonhos, gerando também outras oportunidades à todas as famílias de agricultores que fornecem os produtos para industrialização.

Uma das decisões de Valfrido foi de não trabalhar com o palmito Jussara, em função das restrições ao corte por questões ambientais. Por isso, ele incentiva o plantio do palmito pupunha, que, segundo ele, oferece um grande retorno aos agricultores pois fornece grande produção por mais de 15 a 20 anos sem necessidade de replantio.

Ele também ressalta os benefícios para a comunidade, pois uma nova agroindústria gera renda para inúmeras famílias de agricultores que poderão fornecer a produção e, desta forma, ganhar uma renda extra. E conclui que foi inspirado pelo pai, Emilio Von Zeschau, já falecido, que sempre gostou de trabalhar com a produção de conservas.

Pin It
Você gostaria de comentar?