ADR e prefeitura de Taió se mobilizam para prevenção de novos casos de Impetigo

Impetigo1

Na tarde desta quarta-feira, 20, as gerências de Educação e de Saúde da ADR Taió e secretarias Municipais de Educação e de Saúde promoveram um encontro para tratar sobre os casos de Impetigo em crianças de educandários do município.

Conforme o gerente de Educação da ADR, Moacir de Melo, a partir da próxima segunda-feira, 25, as escolas estaduais e municipais farão um trabalho preventivo de orientação e conscientização, com palestras para os estudantes, alem de informativos para as famílias. “As escolas e os veículos que transportam os estudantes, também passarão por dedetização e higienização, como forma de auxiliar na prevenção. As escolas, em conjunto com as vigilâncias, Epidemiológica e Sanitária, estarão monitorando os alunos diariamente e, em caso de suspeita, serão encaminhados para um profissional da Saúde que poderá fazer o diagnóstico”, afirmou.

Devido ao quadro infeccioso de Impetigo em crianças que frequentam creches, a Secretaria Municipal de Educação suspendeu nesta quarta-feira, 20, o atendimento nos oito Centros de Educação Infantil (CEI), e a partir da próxima segunda, 25, os dois CEIs particulares também não terão atendimento. As unidades passarão por dedetização e higienização de todos os locais de utilização comum pelos alunos, e voltarão a atender no dia 2 de maio. A escola de ensino particular CNEC, não registrou casos suspeitos da doença, por isso manterá as aulas.

Impetigo

A doença é causada por uma infecção cutânea contagiosa, causada pelas bactérias Staphylococcus aureus e Streptococcus pyogenes, que atingem a camada superficial da pele. É mais comum no verão, quando abrange principalmente as crianças. A infecção pode ou não causar bolhas na pele. São transmitidas por contato com lesões ou pelas vias respiratórias. Possui período de incubação de 1 a 3 dias.

Pin It
Você gostaria de comentar?