Veja dicas para os cinco problemas de pele mais comuns das brasileiras

montagem

O que é que a baiana tem em comum com a garota de Ipanema e diversas outras meninas pelo Brasil afora? Provavelmente, elas já sofreram com pelo menos um dos cinco problemas de belezadermatológicos mais comuns entre as brasileiras: celulite, estrias, acne, rugas e oleosidade. E nem as famosas escapam. Bruna Marquezine já admitiu sofrer com as espinhas, Carolina Dieckmann jura que tem celulites e até Juliana Paes se cuidou e muito para evitar as temidas estrias, após dar à luz dois filhos.

“A maioria das mulheres reclama basicamente dos mesmos problemas quando chegam no consultório”, conta a dermatologista Karla Assed, que atende famosas como Angélica, Xuxa e Deborah Secco.

Cada caso precisa de uma análise personalizada, mas alguns tratamentos são básicos. “Cerca de 80% a 90% das mulheres brasileiras sofrem com a pele oleosa, e a rotina vai ser basicamente a mesma para todas, só vamos observar quem tem mais propensão à acne”, explica Karla.

Acne e oleosidade
O tratamento da acne está ligado ao da oleosidade. “Normalmente, são usados produtos que diminuam a produção de sebo e que retire a oleosidade instalada. Os ácidos como o salicílico e enxofre são  muito usados, mas tem que ser usado com cautela pois podem irritar muito a pele”, explica a dermatologista Silvia de Mello, do Núcleo de Saúde e Beleza da Clínica Ivo Pitanguy.

[BELEZA] Pele - cabelos - sol - verão - saúde (Foto: Agência Getty Images)
A oleosidade na pele é um dos problemas mais
recorrentes entre as brasileiras

“É importante só usar produtos em gel, loção ou serum, e jamais em cremes para não aumentar a oleosidade e causar espinhas. Outra dica é lavar a pele de duas a três vezes por dia, usando sabonetes esfoliantes ou secativos”, completa Karla Assed.

Celulite
O resultado do tratamento para celulite depende do grau do problema, tipo de tratamento e quando foi iniciado -quanto mais cedo, melhor. “É importante coordenar dieta, exercícios e tratamento. A drenagen linfática tem ótimos resultados, auxilia no escoamento dos líquidos que se acumulam nos membros inferiores e na retirada das impurezas e toxinas. Geralmente são realizadas inicialmente dez sessões, feitas duas vezes por semana”, explica Karla Assed, que também indica os aparelhos de radiofrequência associados ao infravermelho e vácuo.

“Os cremes devem possuir ativos lipolíticos (que promovem a quebra da gordura) e que aumentam a microcirculação local, auxiliando na drenagem e diminuindo o edema. Eles funcionam melhor antes de exercícios físicos e os ativos mais eficazes são a cafeína (3% a 5%), silício orgânico, castanha da índia, ginko biloba, L-carnitina, DMAE”, completa a dermatologista.

Estrias
Para prevenir o aparecimento de estrias, a ordem é hidratar. “Para não piorar as que já existem indico cremes que contém matrixyl, semente de uva, DMAE e retinol”, diz Karla. Mas a receita caseira da vovó também funciona: “Misture um pouco de óleo de amêndoas doce com um hidratante e aplique no corpo após o banho”, indica a especialista.

Beleza - Pele (Foto: Veronique Beranger / Getty Images)
Adeus às rugas também é um pedido comum
nos consultórios dermatológicos no Brasil

Rugas
O tratamento mais comum e eficaz contra as rugas é com ácido retinoico, que não é indicado nessa época do ano. “No verão sugiro usar um bom hidratante a base de vitamina C e E, ceramidas,coenzima Q10 e um bom filtro solar”, diz Silvia de Mello, que também indica uma receitinha caseira. “Aplique chá de camomila bem clarinho e gelado na área dos olhos para amenizar o aspecto de cansaço”, conta.

Já Karla Assed, lembra de alguns cosméticos que também podem ajudar. “Indico o CE ferulic, da Skinceuticals, e o Kinerase, da Valeant. Eles dão brilho na pele e melhoram as rugas mais superficiais”, explica. É importante evitar ao máximo a exposição ao sol e usar filtro solar com hidratante associado.

EGO

Pin It
Você gostaria de comentar?