Rio do Sul/Equibrasil encara jogo contra o Minas com responsabilidade

Andressa

A penúltima rodada do returno da Superliga será encarada pelo time Rio do Sul/Equibrasil com a mesma responsabilidade que os jogos da fase inicial. Se a classificação para o playoff não é mais possível, as meninas do time catarinense querem aproveitar o jogo contra a Decisão Engenharia/Minas, como um momento importante para somar pontos na tabela e quem sabe, deixar o penúltimo lugar ao final da competição.

A partida será nesta terça-feira (11), às 19h30 na Arena Vivo em Belo Horizonte (MG). E a líbero Andressa lembra bem do jogo da primeira fase contra as mineiras no Artenir Werner, quando Rio do Sul conquistou uma vitória por 3 sets a 1. “Foi um jogo muito tenso, com várias reclamações com a arbitragem dos dois lados. Com certeza o time do Minas quer vencer e nós sabemos como é difícil jogar lá. Temos de estar preparadas”, explicou a jogadora.

O time mineiro é o quarto melhor nas estatísticas em recepção na Superliga, e para tentar surpreender, o técnico Rogério Portela aproveitou o último fim de semana para orientar as jogadoras. Ele salienta que, mesmo com derrota nos dois últimos jogos no tie-brake, o time correspondeu às exigências da comissão técnica. “O final da temporada está sendo pesado, com desgaste maior na parte física. Mas a gente tem aproveitado cada momento para colocar em prática os nossos treinamentos”.

Portela salientou ainda que os próximos dois jogos são importantes para que o time conquista pontos e atinja o objetivo principal, que é deixar a 13ª colocação no campeonato. “O Minas é um adversário direto e além disso, tem a distância de um ponto apenas para o Araraquara (SP). Se nós formos responsáveis, fizermos os nossos jogos com dedicação e torcendo pela combinação de resultados, podemos sim ter um final de Superliga melhor”, observou o treinador.

Pin It
Você gostaria de comentar?